Faça sua doação

Xô preconceito!

Área de Conteúdo

Xô preconceito!

Xô preconceito!

Sem título

A Bíblia afirma que Deus não mostra parcialidade ou favoritismo e muito menos faz distinção entre as pessoas. Infelizmente o preconceito existe e está presente em diversos lugares e situações.  Conviver com o desprezo e a segregação não faz parte da vida dos que temem a Deus, pois todos os seres humanos foram criados à sua imagem e semelhança.

O racismo tem sido apresentado em varias situações, mas ao passo que se manifesta é repudiado cada vez mais pela sociedade. É considerado crime de natureza grave, por isso não é permitido o pagamento de fiança, fazendo com que o agressor não escape da prisão em flagrante.  Em João 13:34, o Senhor ordena que amemos uns aos outros como Ele nos ama. Se o próprio Deus é imparcial e ama a todos por igual, por que não amar ao próximo como ele nos ordena?

pagpretas_racismo1
Doudou Diène

Esteve presente no Brasil esse ano, o relator especial da Comissão de Direitos Humanos da ONU para as Formas Contemporâneas de Racismo e Discriminação Doudou Diène, encarregado de avaliar a discriminação no mundo. Durante uma coletiva de imprensa, ele afirmou que o preconceito é cada vez maior em muitos países e que no Brasil ele está profundamente arraigado em toda a sociedade.

Para Shirlei Pessoa, participante da Equipe Top na sede da Sara Nossa Terra em Brasília, a opinião de terceiros não é importante em sua vida, “Deus criou cada um de nós com um propósito, se nascemos perfeitos ou não, negro ou branco, pobre ou rico, Deus tem um plano para nós. E o que importa realmente é o que Deus pensa ao nosso respeito”, diz.

Ela comenta ainda que nunca sofreu preconceito ou presenciou tal atitude e acredita que tudo que se planta na terra, certamente será colhido. Por isso, deixa como mensagem a passagem: “Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais”. Jeremias –  29:11.

Diante disso, o amor próprio deve ser presente na vida do cristão e o perdão àqueles que comentem tais atitudes deve prevalecer pois como é declarado em Efésios 4:32, “Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo”.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress