Faça sua doação

Sexta-feira da Paixão reúne milhares de fiéis para as Festas Proféticas, em Brasília

Área de Conteúdo

Sexta-feira da Paixão reúne milhares de fiéis para as Festas Proféticas, em Brasília

Sexta-feira da Paixão reúne milhares de fiéis para as Festas Proféticas, em Brasília

Na manhã desta sexta-feira da Paixão,19, foram realizadas as Festas Proféticas. A multidão de fiéis que lotou o Arena Hall, em Brasília, esteve atenta a todo momento para as explanações dos significados da representação das três festas: Pentecostes, Páscoa e Tabernáculos feitas pelos Bispos Robson e Lúcia Rodovalho.
Após um intenso louvor, Bispa Lúcia Rodovalho destacou em sua ministração que tudo que foi escrito no Velho Testamento foi uma preparação para o que tinha que vir. “. Deus mandou comemorarmos a Pásscoa que fala de salvacao, cruz. Pentecostes é a descida do Espirito Santo, já Tabernáculo é a plenitude. Deus nos diz que em Jesus podemos vivenciar essas três festas. Isso é maravilho, porque temos o privilégio de viver essa realidade.Nós não vivemos de sombra, vivemos de realidade. Essa realidade tem poder em nossas vidas”.
De forma clara, pontuou que sem a experiência da cruz, do batismo no Espírito Santo, sem a experiência da plenitude do Espírito Santo não é possível ter uma vida cristã vitoriosa. “Sem isso, nós teremos uma vida mediocre e Deus não nos criou para uma vida mediocre, Ele nos criou para a plenitude e essas três experiências estão interligadas. A salvação está diretamente ligada à cruz. Você precisa ter uma decisão de não viver mais para você, mas para Jesus. Eu nasci para avançar e você? A Sara Nossa Terra nasceu para avançar e conquistar e em nome e Jesus nenhum de nós ficaremos prostrados. O objetivo da cruz não é fazer você bem sucedido, é o resultado da cruz na sua vida. Todos os seus pecados estão perdoados, todos eles estão na cruz”.
Em seguida, Bispo Rodovalho continuou com a explanação da Palavra destacando que a lei tem a missão simbólica, por isso que os cristãos na atualidade lêm o Velho Testamento para aprender os princípios, as simbologias, desatacando que Toda vez que Davi orava, ele ensinava a se relacionar com Deus. “A beleza do Velho Testamento é a completude que veio com Jesus no Novo Testamento. Paulo lia o Velho Testamento por simbologia, lições proféticas. Ele observou que Deus não estava preocupado com os animais, mas com as pessoas. Nesse contexto, temos a Páscoa que representa simbolicamente a salvação, é a festa onde morre o cordeiro. Deus foi tão Caprichoso que cada data foi rigorosamente observada. Eu não tenho duvidas que Jesus morreu”.
Sobre o significado das festas pontuou que Páscoa é poder, pentecostes salvação e tabernáculos festas das colheitas em sua plenitude. “A verdadeira conversão não vem por causa do conhecimento ou pela lógica. Quando você vive experiências com a presença de Deus sua vida começa a ser transformada. Eu não me converti pela lógica, pelos argumentos, mas pelo poder de Deus, pela experiência. Você está aqui porque você chorou, Deus te libertou e voceê se tornou um novo homem, uma nova mulher. Você encontrou paz, você encontrou vida! Encontre Deus na sua solidão, pessoalmente e você será um novo homem e uma nova mulher. A unção de Deus, tudo que você tocar vai florescer porque você celebrou as Festas dos Tabérnaculos porque a pregação da fé libera o espírito e os milagres dentro de você!”.
E para completar a unção das três festas, a multidão seguiu em caminhada para o Jardim Bíblico. Momentos de cura, restauração e muita presença de Deus marcaram o momento. A noite o público ainda vai poder acompanhar o espetáculo Páscoa – Depois do Terceiro Dia que será apresentado na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília.
Confira fotos:

Crédito das fotos: Gabriel de Souza

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress