Faça sua doação

Sexta de Celebração-SP com Hélio Borges, Bispa Lúcia Rodovalho, Sérgio Hornung e Bispo Rodovalho

Área de Conteúdo

Sexta de Celebração-SP com Hélio Borges, Bispa Lúcia Rodovalho, Sérgio Hornung e Bispo Rodovalho

Sexta de Celebração-SP com Hélio Borges, Bispa Lúcia Rodovalho, Sérgio Hornung e Bispo Rodovalho

A programação desta sexta-feira, 16, na Celebração de Inverno em São Paulo começou com o louvor do cantor Hélio Borges. Com músicas que exaltavam o nome de Deus, ele levou o público presente a grandes momentos de adoração. Logo em seguida, pastor do Peru, Sérgio Hornung, convidado especial, ministrou sobre o favor de Deus. Baseado na passagem bíblica de 2 Samuel 9:3 que fala da bondade, do poder e favor de Deus, conduziu as pessoas a grande entendimento da Palavra. “Todos temos áreas da vida que precisa do favor de Deus, um encontro real com o Criador”, disse.
Usando como exemplo a vida de Davi e Mefibosete, disse que o homem não precisa ter medo porque Deus está com ele. “O favor de Deus pode te devolver em um dia, aquilo que o diabo te roubou a vida inteira. O seu favor muda o seu passado e abençoa o seu futuro”.
Em seguida, a presidente do ministério SNT, Bispa Lúcia Rodovalho, ministrou conselhos para uma vida vitoriosa. Compartilhou uma mensagem edificante e ensinou, na prática, como se deve movimentar na Palavra de Deus, na vontade de Deus. “A vitória dos nossos relacionamentos são frutos de muita dedicação. Não podemos mudar os outros, temos que mudar nós mesmos”.
Destacou ainda que Deus quer levar as pessoas a conquistarem novos territórios, novas demandas. Que o crescimento vem de Deus e vem quando se busca a Ele. Ensinou que para viver em plenitude é preciso “cuidar do seu chamado e estar seguro dele”. “A obediência ao chamado traz fé ao seu coração”. No final, Bispa Lúcia levantou um forte clamor em prol da igreja, da conversão de pessoas e exaltou o nome de Jesus Cristo. ” Que a nossa vida seja conduzida por ti, meu Pai”.
A programação da manhã se encerrou com palavra do Bispo Rodovalho que falou sobre geração profética. Destacou as maldições que dispersam o homem como divisão, fofoca, esterilidade e a passividade que  fazem com que não se cresça uma geração capaz de mudar vidas. Com palavra direcionada para liderança, destacou ainda que a restituição é resultado de uma geração profética. “A cruz vai prevalecer na nossa sociedade quando vencermos isso. Vamos quebrar a dispersão, inveja, competições, maldições pequenas. Seja um líder que ora, que ministra, que leva sua equipe a crescer, que corrige sozinho, Aí sim teremos uma geração profética”.
 

 
 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress