Faça sua doação

Seminário de Crescimento e Cura Interior com os Bispos Hugo de Jesus e Ana Almeida

Área de Conteúdo

Seminário de Crescimento e Cura Interior com os Bispos Hugo de Jesus e Ana Almeida

Seminário de Crescimento e Cura Interior com os Bispos Hugo de Jesus e Ana Almeida

CrescimentodeCuraInteriorO final de semana teve início de uma forma especial na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, nesta sexta-feira (10) com Seminário de Crescimento Emocional e Cura Interior. Bispa Ana Maria Almeida, primeira preletora da noite, falou sobre os desafios de superar os sofrimentos da vida. Explicou que um dos desafios que o ser humano tem é o de terminar a vida sã sem se tornar uma pessoa sem alegria. “Embora tenhamos muita fé estamos sujeitos a perdas e frustrações. Quando uma pessoa é ferida tudo é tão atingido que se perde o senso de Deus. Muitas vezes achamos que somos super homens e super mulheres diante da dor. Não fique calado com a sua dor, pois isso pode se tornar uma doença. Não devemos deixar a dor prevalecer”, afirmou.

Bispa Ana explicou ainda que é preciso entender que quando uma pessoa fica ferida existem três coisas que ela precisa: presença, Palavra e explicação. “Quando temos sofrimento ou dor ficamos calados ou murmuramos. Lamentar é coisa de coração partido, quem lamenta fala com Deus, quem murmura é contra alguém. Ao lamentar reconheço a minha dor e a coloco diante de Deus. A murmuração nos mantêm no mesmo lugar, a lamentação nos leva a cura”.

Na sequência, Bispo Hugo de Jesus ministrou a Palavra e enfatizou que se você se alimentar de Cristo, vencerá o mal dentro de você. “Quando pensamos em Jesus pensamos em alguém de vida plena. Ser pleno é viver bem no corpo, alma e espírito. A proposta de Jesus é descobrir uma outra vida que Ele quer te revelar. O caminho humano, da carne é muito complexo. Ser simples as vezes é ser complexo também. Para se entregar a proposta de vida d’Ele você precisa ser simples”, disse.

Bispo Hugo falou também sobre as complexidades da vida e das histórias humanas. “Aos ser simples você consegue obedecer a Jesus e sair da complexidade que te machuca tanto. É muito simples obedecer, o complexo é dizer não consigo”.

O sentimento mais perigoso que se carrega é o sentimento de prejuízo, que você carrega a sensação que alguém te deve e você se torna um cobrador, explicou o preletor. ” A cura acontece quando você deixa de ser um cobrador e se torna um doador. As pessoas geralmente se convertem em convicções fechadas sobre si e acabam consigo mesmas. É preciso descobrir a nova identidade que Jesus te revela para que você possa ser uma pessoa melhor.

Confira as fotos:


Créditos fotos: Ronaldo Caldas

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress