Faça sua doação

Pesquisa aponta que jovens evangélicos são tão conservadores quanto os mais velhos

Área de Conteúdo

Pesquisa aponta que jovens evangélicos são tão conservadores quanto os mais velhos

Pesquisa aponta que jovens evangélicos são tão conservadores quanto os mais velhos

Sobre a identificação ideológica e identificação por partidos políticos, os jovens evangélicos norte-americanos são tão conservadores quanto os mais velhos.
Mas quando se trata de casamento gay, imigração e bem-estar, os jovens de 18 a 29 anos se mostram mais liberais.
A pesquisa publicada na Temple University Press deste mês diz que 51% dos jovens evangélicos são contra o casamento gay, entre as pessoas com 75 anos ou mais o número de opositores sé de 73%.
Quando comparados com jovens de outras religiões, os evangélicos são 31% mais propensos a se oporem à união entre pessoas do mesmo sexo.
Outra diferença geracional é sobre a imigração, para um terço dos jovens evangélicos os imigrantes ilegais pioram o país, a mesma crença de 68% dos evangélicos com 65 anos ou mais.
Questionados sobre a ajuda que o governo dos Estados Unidos dá aos pobres, 54% dos jovens acreditam que essas ações sociais fazem mais mal do que bem, entre as pessoas de 30 a 64 anos, o número é de 62%.
“Em resumo, os resultados lançam sérias dúvidas sobre os relatos gerais de uma nova geração de jovens evangélicos liberais”, concluiu Castle, segundo informações do Christian Post.
O pesquisador que ouviu também a diferença entre os jovens e mais velhos sobre diplomacia ou uso da força militar. Nesse sentido, 39% dos jovens evangélicos assumiram a posição pró-militar, em comparação com 46% dos evangélicos com idades entre 30 e 49 anos e 53% dos evangélicos com 50 a 64 anos.
Em parte da pesquisa publicada, Castle entendeu que 15% dos jovens evangélicos são liberais e seguem líderes liberais como Tony Campolo, Shane Claiborne, Ron Sider e Jim Wallis.
Castle descobriu que, como esperado, jovens evangélicos liberais priorizam questões como pobreza e meio ambiente. Ele ficou surpreso ao descobrir, no entanto, que jovens evangélicos liberais ainda são um tanto conservadores em questões sociais, como aborto e casamento tradicional.
 
Fonte: gospelprime

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress