Faça sua doação

Onde está o Wally? Operário transforma rotina de um hospital infantil ao esconder personagem

Área de Conteúdo

Onde está o Wally? Operário transforma rotina de um hospital infantil ao esconder personagem

Onde está o Wally? Operário transforma rotina de um hospital infantil ao esconder personagem

slide_497166_6899934_freeA figura de casaco listrado, óculos redondos, bengala e gorro é especialista em se esconder em meio aos cenários mais diversos possíveis. Mas desta vez, ele viajou para um lugar diferente e a brincadeira ganhou uma responsabilidade imensa: transformar a rotina de um hospital infantil.

A ideia partiu de Jason Haney, operário que trabalha em uma obra vizinha ao centro pediátrico de expansão do prédio. Ele acredita que não basta apenas ajudar a construir um novo lar para o Hospital Memorial Infantil, em South Bend, Indiana, mas é preciso oferecer um futuro melhor para as crianças da região.

Com ajuda de sua filha, Haney fez uma réplica em tamanho real do Wally e espalhou o desenho pelo hospital e seus arredores. Todos os dias Wally está em um lugar diferente e a caça ao personagem recomeça.

A ideia é oferecer para as crianças internadas um pouco de distração. “O meu objetivo é ver elas sorrindo através do espelho”,slide_497166_6899940_free contou o funcionário ao jornal local South Bend Tribune.

O gesto começou tímido, mas foi ganhando repercussão.

“Isso nos dá alguma coisa para conversar com as crianças”, disse Tracy Byler, coordenadora do Programa Vida da Criança do Hospital, ao jornal. “Uma grande parte do que queremos fazer é construir relacionamentos, então qualquer coisa que nos dê a oportunidade de falar, como o Wally, é um gesto de enorme importância.”

Para dinamizar a brincadeira, o construtor criou um grupo no Facebook onde posta charadas criativas com dicas para as crianças na busca pelo personagem. Quando elas o encontram, postam fotos do local e o Wally é transferido para outro esconderijo.

Haney fica muito contente quando ele descobre que o Wally ajudou a distrair uma criança ou seus pais de quaisquer problemas que estão enfrentando. Ele sabe que é uma situação difícil, pois, anos atrás, precisou ficar bastante tempo em um hospital quando acompanhou sua filha que teve um acidente vascular cerebral.

Fonte: Portal Huff Post Brasil

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress