Faça sua doação

O líder do novo normal é tema da Clínica da Visão 2020

Área de Conteúdo

O líder do novo normal é tema da Clínica da Visão 2020

O líder do novo normal é tema da Clínica da Visão 2020

Aconteceu no feriado, 7 de Setembro, a Clínica da Visão 2020 que teve como tema “ O Líder do Novo Normal”. As palavras começaram com a bispa Priscila Rodovalho Cunha que identificou as características do líder do século 21, pós- pandemia. Em seguida, Bispo Hugo de Jesus, ministrou sobre o líder e suas fontes e, na sequência, os Bispos Robson e Lúcia Rodovalho mostraram o que é o novo normal diante do atual panorama.

Já o Bispo Erasmo Duarte enumerou o líder em tempos de crise. Um zoom, por meio de um telão, abriu espaço para que oito perguntas fossem feitas por líderes que foram sorteados em diferentes partes do Brasil. Na parte final, o bispo Lucas Cunha convidou discípulos que ressaltaram características essenciais sobre uma sólida liderança.

Confiram trechos das mensagens

Bispa Priscila Rodovalho Cunha

“ A cada dia que passa temos que ser mais incisivos e nos envolver e dispor para cumprir o nosso propósito.  As pessoas estão doentes, feridas e a pandemia nos colocou uma máscara e nos distanciou das pessoas. Mas graças a Deus, por meio das células, milhares de pessoas foram conquistadas. Portanto, é necessário tocar no coração do perdido.  Para ser líder é necessário encontrar a autonomia emocional.  Tenha descendência espiritual e orgulho de quem foi seu líder, pois ele foi usado para te dar um senso de propósito. É necessário que você seja um líder anti-frágil que esteja disposto a reaprender para vencer e se reconstruir”.

 

 Bispo Hugo de Jesus

“É importante entendermos a harmonia com nosso Deus e liderados. Para mim, o que é mais importante é entendermos os princípios que estão na Palavra de Deus. Porque Jesus separa toda uma noite de clamor e de busca? Ele não queria escolher os discípulos, mas sim, estar alinhado com a vontade de Deus Pai. Ele recebeu uma missão dividida em duas etapas: treinar os discípulos, morrer e ressuscitar; e, ser a igreja em todo o mundo.   Para edificar a obra de Deus eu preciso ser cheio do Espírito Santo e ter a paz com todos.  Vença a sua natureza carnal e seja alguém espiritual. Saiba também que vai enfrentar a ação dos demônios. Deste modo, é necessário que esteja alerta”.

 

Bispos Robson e Lúcia Rodovalho

“Estamos vivendo uma mudança de panorama. O que é o novo normal? É um novo padrão de vida. Um líder que cresce é aquele que se adapta. Temos que mudar! De acordo com pesquisa, 98% de pessoas acreditam que sairão melhor após à pandemia. O líder sem o devocional diário não consegue se manter. O que mais marcou na pandemia foi a presença da igreja enxugando as lágrimas. Isto foi muito importante. Parabéns aos líderes que trabalharam na alma das pessoas. A dor que se colhe no mundo é respeito do livre arbítrio que Deus tem em relação ao homem. Qual a sua dificuldade de manter a rotina? Se a liderança maior não estiver firme, os líderes menores não irão conseguir. Você líder pode nos ajudar, criando a cultura na mente das pessoas para nos adaptarmos ao novo normal.  E o nosso desafio é não colocar a espada no chão. O Espírito de Deus fortaleça seu chamado. O que podemos fazer para não parar? Evangelização. Pois a vida não parou e vamos terminar lá na frente. O que o líder do novo normal vai precisar? Humildade, obsessão pelo discípulo, inovação para resolver problemas, disciplina, visão total do novo quadro, domínio das novas tecnologias, novos modelos de relacionamento, times ágeis, fortalecimento das alianças”.

Bispo Erasmo Duarte

“ A crise é o nascimento mais fértil que existe para o crescimento de um líder – e também um terreno escorregadio para a queda. O que inaugurou a liderança de Davi? Uma crise chamada Golias. A crise é uma incubadora de liderança ou um cemitério de líderes? Na realidade ela se opõe de forma indesejável, sendo um obstáculo de forma inesperada. Ou seja, um obstáculo que se opõe entre mim e meu propósito. Líderes ungidos são resposta de Deus para uma geração. No entanto, existem três crises: A crise que o líder veio solucionar, gerar e evitar. Moisés foi um grande exemplo. A plenitude da liderança nasce em Deus que tem visão , autoridade e intervenção. Como o maior de todos os líderes reagiu diante da crise? Jesus não fugiu da crise e mergulhou nela. A enfrentou de peito aberto. E te perguntou: Qual é a crise que você veio resolver nesta geração”?

Bispo Lucas Cunha

“ Qual dica prática você pode fazer para ter um resultado melhor? Qual o sinal que mostra que o líder está perdendo a humildade? Pois a maioria das pessoas quando chegam à igreja estão bem humildes. E outro sinal de que a humildade pode estar indo embora da pessoa, é ela começar criticar seu líder no discipulado. Ou seja, todo fruto verde está se alimentando da árvore; se a fruta fica madura ela vai apodrecer e cair. Portanto, é necessário estar ligado à árvore. Quando você tem conteúdo novo para derramar sobre seu discípulo ele vai querer ficar perto de você. Quantas pérolas você absorveu hoje para aplicar com seus discípulos e equipe? Não lidere por momentos. Coloque seu coração, energia e vida. Saiba lidar com todas as situações. Tenha sensibilidade para entender o problema de cada um. Aprenda uma coisa : cada discípulo é um discípulo. Cada um tem sua maneira emocional de lidar com as situações”.

 

Fotos Gabriel Souza

 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress