Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Rosana França superou as agressões sofridas e suicídio da mãe após conhecer ao Senhor na SNT

“Eu mostrava uma alegria que não existia dentro de mim, pois tinha um vazio muito grande”, relembra Rosana França ao contar seu testemunho.

Marcada pela superação da dor de ter vivenciado um casamento conturbado e de enfrentar o trauma pelo suicídio da mãe, a história de Rosana mudou quando encontrou na Sara Nossa Terra acolhimento e a cura das emoções. “Conheci a Sara Nossa Terra quando estava no Cine São Francisco. Onde começou o Arena Jovem. Comecei ir para a igreja por meio de uma amiga que se chamava Joana. Fui sem resistência nenhuma. Nem pensei duas vezes. Fiz na época o Encontro com Deus e comecei a fazer parte da Rede de Mulheres. Na época minha líder era a saudosa pastora Jaira. E depois de um tempo de convertida, tomei uma decisão errada de sair da igreja”, salientou. 

Quando saiu da SNT, o filho permaneceu e manteve-se em oração para que ela voltasse.”Voltei para o sistema de valores do mundo, que não teme a consequência do pecado, eu dançava muito nos bailes, trabalhava muito, mas saía de segunda a segunda”, conta.

Antes de chegar à igreja, quando ela e o marido se separaram, Rosana não dava muita atenção aos filhos, quase não participava da vida deles, era muito ausente. Vivia muito triste e na realidade, mostrava uma alegria que não existia dentro de si. “Tive um casamento sofrido marcado por traição e agressões físicas e verbais. E quando minha mãe se suicidou foi o limite, pois me senti culpada, porque não a perdoava e tinha raiva por ela ter feito aquilo; na realidade eu lutava contra aqueles sentimentos”.

Certa vez, ela conta que teve um sonho onde estava no deserto e via uma placa escrita, bem-vinda à Cristolândia. “Quando contei para minha filha, ela disse que era Deus falando para eu voltar para à igreja. E meu filho, que já era um líder, orava para eu voltar. Com isto voltei e fiz um novo Revisão de Vidas, entrei na Cia de teatro e também na equipe de intercessão. Deus gerou cura interior em minha vida e hoje estou estabilizada em todas as áreas. Tenho fé e acredito nas promessas do Senhor”, afirma.

Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de Ludmila Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin