Bispo Rodovalho dá seguimento à série de palavras sobre o Rosh Hashaná – Sara Nossa Terra

Bispo Rodovalho dá seguimento à série de palavras sobre o Rosh Hashaná

No culto de terça-feira, 4 , na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília,  o Bispo Robson Rodovalho declarou que o Rosh Hashaná simboliza um tempo sobrenatural onde os anjos de Deus trabalham para as famílias e indivíduos. Igualmente, explicou que profeticamente cada novo ciclo está sendo projetado, pois é necessário tocar a trombeta e conduzir cada mês do novo ano debaixo da palavra.

Na explanação da palavra,  o preletor com base no livro de Deuteronômio 27: 13-15, destacou que quando o Senhor mandou Josué, personagem bíblico, entrar na Terra Prometida, ele teria que quebrar a maldição do lugar. Deste modo, exemplificou que todo novo ano traz duas possibilidades: bênção ou maldição. No entanto, tudo vai depender das decisões dos indivíduos. “ Somente a igreja tem a chave de autoridade para amarrar o poder das trevas.  Josué construiu um Altar ao Senhor no monte Ebal que era considerado das dores. Quer dizer, o que era para ser fonte do mal tornou-se fonte de bênção. Talvez sua vida tenha sido um caos, mas Deus quer te dar um novo respirar e viver”, expressou.

Na conclusão da pregação, Rodovalho ressaltou que as seis tribos traziam a história de dor. Contudo, Josué não ficou condenando as tribos, mas construiu um Altar. “ Quando se constrói o Altar, você não tem o direito de tocar no passado de seu irmão. Existem pessoas que carregam culpa pelo passado e não sentem-se merecedoras do amor do Pai. Saia de Ebal e vá para o monte Gerizim.  Seja resgatado e reconstrua sua história. Entregue o sacrifício espiritual e vivencie uma nova dimensão. Derrame-se completamente na Presença de Deus em obediência.”, finalizou.

Crédito das Fotos: Vitor Souza

Voltar pra igrejas

Faça um comentário

X
Evento Teste