Bispo Marcos Prado conta trajetória respaldada por resiliência, milagres e grandes avanços – Sara Nossa Terra

Bispo Marcos Prado conta trajetória respaldada por resiliência, milagres e grandes avanços

Marcos Ruberlei Prado, 45 anos, é bispo da Sara Nossa Terra de Cascavel, no Paraná. Ele conta que sua história de superação começou ainda no ventre de sua mãe, por ter sido uma gravidez não planejada, ou mesmo, desejada. Aos 13 anos de idade foi para um seminário para formação de padres, onde permaneceu por três anos. “Quando saí do seminário, tive um breve envolvimento com as drogas. Nessa época, fui convidado a participar de um evangelismo que a igreja de um amigo fazia no cinema da cidade de Cianorte.  onde eu morava. Nesse evento, entreguei minha vida para Jesus e comecei a minha caminhada cristã. Essa igreja tornou-se a primeira Sara Nossa Terra do sul do país”, relembra.

Ao se batizar aos 18 anos de idade, passou por um período de depressão associado a uma espécie de co-dependência. “Alguns profissionais disseram que eu não tinha cura. Terminei meu noivado quatro vezes e a cada seis meses, disparava esse processo e eu desistia de tudo. O sentimento que eu tinha era: tudo que fosse meu ou estava comigo, ou não tinha valor. Por muitas vezes eu rejeitava as pessoas com medo de ser rejeitado. Mas por meio da intervenção de minha líder, a Bispa Vera Coutinho, entrei em várias campanhas de jejum e oração e Deus fez o milagre derramando uma grande cura nesta área na minha vida. Me casei com a Ana Lúcia e vivenciei muitos milagres, como me tornar professor universitário e ver a Ana concretizando a bênção da gravidez, porque de acordo com as circunstâncias da medicina seria quase impossível”, completa.

Marcos conta ainda que em  2017, o casal teve o privilégio de ser chamado para o grupo de discipulado da Bispa Lúcia Rodovalho, o Geração de Josué. Assumiram a coordenação da região e foram ordenados bispos auxiliares. “Continuo hoje como  líder do Arena Jovem, professor do CFAP, professor do Instituto de Vencedores, responsável por discipular dois grupos de líderes e responsável pela implantação da Rotina da Visão na regional. Tenho um casamento fantástico com a Ana Lúcia e minha filha mais velha é estudante de direito, líder de célula e cooperadora na igreja. Já meu filho caçula está na escola e estuda teclado, com certeza será em breve um grande reforço para nossa equipe de louvor”, pontua.

O bispo finaliza a entrevista enumerando que as oportunidades estão sempre à  frente de todos os indivíduos que se dispõem em seguir ao propósito definido por Deus em suas vidas. “Se o seu sonho é ser um pastor, comece desde já investir nisso, sendo em primeiro lugar um excelente discípulo, lendo os livros dos nossos líderes, buscando crescer em todas as áreas. Eu tenho certeza que hoje, o que vivo é resposta de Deus para tudo que semeei nos anos anteriores. Rompa seus limites e Deus te colocará em lugares altos”, finalizou.

Texto: estagiário runo Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Voltar pra igrejas

Faça um comentário

X
Evento Teste