Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Maria Laura tomou uma decisão aos 13 anos de idade que mudou completamente sua vida

O testemunho de Maria Laura Borges é marcado por uma decisão que mudou completamente sua vida. Aos 13 anos de idade, ela queira saber onde poderia ser batizada e procurou alguns amigos de escola. Ela não tinha experiência em igrejas foi quando chegou à Sara Nossa Terra. Fez o Revisão de Vidas e assim, decidiu que iria viver os princípios da Palavra e ser uma líder, mesmo sendo muito nova. Inclusive, o rapaz que se interessou por ela na igreja, esperou três anos para iniciar um namoro com a jovem e hoje são noivos. Ela destaca que todas as vitórias em sua vida vieram por meio de fé, coragem e perseverança diante do Altar.

INFÂNCIA

“Fui criada basicamente por minha mãe, ela é uma mulher muito forte que me deu muito carinho e amor. Eu não tive tudo que quis, mas tive tudo que precisava. Graças a Deus estudei em uma boa escola, tive um bom estudo. Eu consegui viver tudo aquilo que uma criança poderia viver por meio do afeto. Uma pessoa muito especial para mim é o meu tio, irmão de minha mãe, considero ele como um pai.  Desde o início, ele esteve comigo, em aniversários, apresentações na escola. Ele foi extremamente presente, fazia questão de estar em tudo, por isso, ele é muito especial por tudo que me ajudou  pois meu pai sempre foi mais distante. Perdi o contato com ele, por diversos problemas. Isto me afetou bastante,  e se eu pudesse, com certeza, mudaria o passado, quer dizer, ter tido o meu pai biológico presente, que fez muita falta, mas de certa forma minha infância foi boa”, lembra.

SARA NOSSA TERRA

Maria Laura chegou à igreja aos 13 anos de idade onde a ideia inicial era se batizar.”Cheguei à Sara Nossa Terra e não tinha um bom relacionamento com minha mãe, por  mais que ela fosse unicamente a pessoa que estava comigo, me ajudando, pois sempre moramos apenas eu ela. Ela não tem outros filhos, e meu pai teve outros cinco. Quando me converti, as pessoas de minha família não gostaram muito , pois eles esperavam que eu fosse somente ao Revisão e frequentar igreja, mas aquilo passou a ser a minha vida. Então, isto de certa forma afetou muito minha família, não gostaram no começo, mas só que fui extremamente persistente em minha decisão quando me converti ainda na pré-adolescente. Decidi que viveria o propósito de Deus e por meio desta decisão, Deus veio trazendo providências em minhas lutas, que não foram fáceis.  Na época, minha avó me disse que se eu não batizasse iria para o inferno. E com muito medo disto fui atrás de um retiro. No entanto, minha expectativa era fazer o encontro e ir embora. Só que o Senhor decidiu embarcar com tudo naquilo que Ele tinha preparado para mim. Abri mão de amizades, e decidi viver o final de minha pré -adolescência na contramão do que muitos vivem, pois construí uma história baseada nos princípios da santidade. Me tornei líder, fui construindo meu time e na minha caminhada me tornei obreira da SNT”.

MUDANÇA DE VIDA

Maria Laura conta com ficou o relacionamento com amar após a conversão e tudo o que Senhor vem preparando em sua vida.“ Durante todo este tempo, o que mudou foi o relacionamento com minha mãe, perdoei meu pai e consegui ressuscitar os meus sonhos que será casar e viver os projetos de minha vida e tornar-me uma profissional. Viver novas expectativas além do que eu imaginava para mim mesma. Eu abri mão de tudo por Jesus. O que mudou é que passei a ter um propósito em minha vida para que o Evangelho seja pregado. E neste decorrer, eu vi muitos milagres de Deus. O maio foi ter me tornado obreira. Mas ainda tenho o objetivo de receber novas unções, pois quero que Deus faça de minha vida o projeto ao qual fui escolhida por Ele.  Existe uma longa história no meu testemunho de noivado, pois eu decidi que iria namorar aos 18 anos de idade. Então ele esperou estes três anos. Eu queria depois de um tempo casar, mas não tinha condições, então pedi para Deus um emprego; e e esta porta surgiu por meio de um culto de campanha de terça-feira, que eu clamei por isto. Então,  foram grandes as conquistas e minha missão com o Senhor é algo incrível. E uma vida no Altar do Pai, não tem preço. Estou com muita expectativa pro meu casamento em ter uma festa e lua de mel bacana e principalmente, de termos um relacionamento maduro, de estarmos cada novo dia com um chamado em Deus maior, podendo mudar a vida das pessoas, esta é a maior expectativa em relação ao nosso casamento. União de propósitos. Que Deus possa cada vez mais aumentar novas portas em nossas vidas para que possamos estar cada vez mais intensos em Seu Reino. Vou casar com um homem de Deus”, comemora.

Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin