Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Eduardo Castro foi evangelizado dentro de um ônibus e teve a vida transformada

Em 2008, Eduardo Castro foi evangelizado dentro de um ônibus,  chegou à Sara Nossa Terra em outubro de 2008 e teve a via transformada em todos os segmentos. Também fez parte da Cia teatral da igreja e chegou a atuar nos filmes do Arena. Hoje é um líder, ao lado da esposa Maína e permanece em uma fé e esperança que o move todos os dias.  “Fui evangelizado dentro de um ônibus. As pessoas que estavam indo para o Arena no dia começaram a conversar comigo e me evangelizaram . Depois do primeiro dia que pisei no Arena, nunca mais deixei de ir, e de lá para cá foram muitas bênçãos. A igreja proporciona muitas oportunidades para trabalharmos  naquilo que gostamos, como por exemplo o teatro. E contribuímos com o Reino de Deus por meio de várias formas e fazer parte disso para mim foi e é uma honra”, ressaltou.

Eduardo ainda destacou que a transformação, no caráter e atitudes foi acontecendo de maneira muito visível.  “O relacionamento em minha casa mudou bastante. Mesmo que no começo algumas pessoas não aceitavam que eu tivesse convertido, mas me tornei um filho mais responsável,  que obedecia mais a meus pais, e mudei com meu irmão.  Comecei a ser  mais responsável e foi maravilhoso o que Deus fez em minha vida, inclusive, acabei encontrando uma pessoa dentro da igreja que hoje é minha esposa”, completou.

Ele ainda conta sobre o casamento dele, ao enumerar as bênçãos adquiridas.  “Conheci  minha esposa Maína dentro da equipe que faço parte no discipulado. A conheci, mas não tínhamos intenção nenhuma em namorar, quando de uma forma despretensiosa, entre amigos, acabamos nos conhecendo melhor, namoramos e noivamos.  E, neste período, vimos a fidelidade de Deus, pois praticamente não gastamos com nada para o nosso casamento; as coisas de casa, lua de mel. Nosso casamento foi extraordinário. Foi sensacional! Uma bênção, pois Deus cuidou realmente de tudo. E Deus foi muito fiel, na casa onde morámos, no emprego que Ele nos proporcionou. Por isso que sempre falo que estar na Sara  é algo que não tenho palavras para descrever, por poder cuidar de pessoas e contribuir para que estejam mais próximas de Cristo”, finalizou.

Texto Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin