Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Conheça a história da Gabriella que foi abençoada na Celebração de Inverno

A Celebração de Inverno é um momento que realmente marca a vida dos que participam. Muitas delas chegam até o evento buscando graças, outras fortalecimento, mudança e conhecimento para a vida e liderança. A jovem Gabriella Fargnoli, 27, auxiliar administrativa, foi um delas. Em plena fase de mudança de vida, faltando apenas três meses para o seu casamento com o militar Matheus Henrique, 25, o casal ainda não possuía local para morar.

11721099_849459655141251_2008575535_nNo momento da oferta especial, decidiram participar do pelotão e doaram tudo o que tinham ganhado para o casamento até o momento. Dias depois da Celebração, saíram à procura de um apartamento para alugar, mas sem dinheiro algum. “Precisávamos alugar um local que o dono aceitasse entregar a chave e receber o valor apenas depois, porque nós não tínhamos nada”, relembra Gabriella.

Então, as graças começaram a surgir. Encontraram o apartamento ideal e só efetuaram o pagamento três meses depois. Mas ainda tinham outras preocupações. Após o casamento, seria necessário fazer mais um pagamento, no valor de R$ 3 mil reais e o casal mais uma vez não tinha nenhum centavo. “Deus foi muito bom conosco. Ao sairmos do casamento, nós tinhamos muito mais. Conseguimos o valor que precisávamos pagar e mais R$ 2 mil para gastar na lua de mel”, conta.

Com o objetivo de melhorar de vida, Matheus sentiu em seu coração o desejo de abrir uma empresa de construção civil, mas haviam muitos trâmites burocráticos que precisavam ser resolvidos para esse sonho se tornar realidade. Gabriella possuía uma empresa em 2008, que já havia sido desativada. Ao consultar um contador, descobriram que o CNPJ ainda poderia ser utilizado. Então, trocaram apenas a razão social e hoje já realizam projetos para a Sara Nossa Terra.

O casal está ansioso pela Celebração de Inverno 2015, já que tiveram um 1º semestre complicado, com uma gravidez difícil e a perda do bebê. “Não vemos  a hora de chegar essa Celebração. Esperamos pela restituição que virá de cada Palavra e louvor”, afirma.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin