Arena Jovem Sede – "Coragem" da série Jogos Vorazes – Sara Nossa Terra

Arena Jovem Sede – "Coragem" da série Jogos Vorazes

O culto Arena Jovem da sede, na Embaixada Sara Nossa Terra em Brasília, Distrito Federal, deste sábado (20) tocou a vida de muitos jovens com um intenso momento de louvor e pregação. O preletor da noite, pastor Hugo Carneiro falou aos presentes sobre o tema “Coragem”, da série “Jogos Vorazes”.

Pastor Hugo destacou o que o medo realiza na vida dos filhos de Deus, baseado na palavra de I João 4: 18. “O medo nunca vai ser algo externo, mas algo que está dentro de você, no seu interior. O pior do medo é o que ele gera dentro do homem.”

“Existem seis tipos de medo: da pobreza, das críticas, das doenças, de perder o amor de alguém, da velhice, da morte. E todos os medos aprisionam, paralisam, destroem lembranças, acabam com os sonhos e enfraquecem a memória,” disse o pastor.

Finalizando, pastor Hugo exaltou a todos dizendo, “Aquele que aceita Jesus verdadeiramente e tem um relacionamento com Ele, não se desvia, porque vai querer estar sempre na presença de Deus.”

 
Testemunho
Arena Jovem Sede-7“Eu estava desviada e depois de um ano, uma amiga abriu uma célula na minha casa. Ao fazer o Revisão de vidas eu voltei para a igreja e a minha vida foi transformada. Fui liberta das amarras de um relacionamento que me bloqueava. Comecei a fazer o Instituto de Vencedores e abri mão de tudo, inclusive amizades do mundo e do emprego que eu tinha. Abri a minha célula e aqui no Arena conheci o meu esposo. O Arena Jovem é o lugar de transformação de vidas, pois foi e é aqui que Deus limpa todos as minhas feridas,” conta Natália Guimarães Suassuna, 25 anos, gerente comercial.
 
Arena Jovem Sede-8“Estou na Sara Nossa Terra há nove anos e comecei a participar por ver a vida que a minha primeira líder tinha, aquilo me atraiu. Decidi viver plenamente segundo o coração de Deus. Fiz o Instituto de Vencedores e hoje sou líder de célula. A minha vida foi totalmente restaurada, ganhei sonhos e Deus me deu todas as coisas, inclusive o meu esposo. Por vim de uma casa com pais separados, achava que o casamento não existia e Deus me curou,” conta Joice Martins, 29 anos, auxiliar administrativa.
 
Confira as fotos:
 

 
 
 

Voltar pra igrejas

Faça um comentário

X
Evento Teste