Faça sua doação

"Não lute a batalha errada"- Alertou Bispo Rodovalho no culto de terça-feira

Área de Conteúdo

"Não lute a batalha errada"- Alertou Bispo Rodovalho no culto de terça-feira

"Não lute a batalha errada"- Alertou Bispo Rodovalho no culto de terça-feira

No culto de terça-feira, 2, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, Bispo Robson Rodovalho mencionou sobre o impacto que tem sido as Celebrações – Conquistando pelos Olhos da Fé – que começaram em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Igualmente, testificou que a palavra capacita as pessoas para que diante do nome de Jesus repreendam todas as maldições.
Na abordagem do tema, com base no livro de 2 Samuel 21: 1-6, o preletor explicou que Deus fechou os céus de Israel por causa da expiação dos pecados deles. “ Você está aqui para viver de acordo com os olhos da fé, portanto, pare de ver as coisas do ponto de vista humano. Nesta passagem é revelado que Davi consultou ao Senhor, pois houve uma quebra de aliança, quer dizer, a herança do Eterno precisava de expiação, ou seja, somente o fato de ser povo de Deus não lhes garantia bênção total. Deus mostrou para Davi que ele tinha que limpar as raízes de Israel, mesmo não sendo o responsável. O que ele fez para abrir as céus de novo? Davi fez um pacto com Deus”, ilustrou.
Da mesma forma, na continuidade do contexto da pregação, Rodovalho destacou que os indivíduos devem limpar a hereditariedade deles por meio na expiação pelo Sangue de Jesus. “ Deus respeita as alianças, entretanto, injustiça e iniquidade quebram esta proteção e são cobradas até a terceira ou quarta geração. Mas, quando se faz o bem ele se entende para sua descendência. Entretanto, é necessário limpar sua história e de sua família e resgatar a herança espiritual em cada segmento de atuação. Mas faço um alerta:- não lute a batalha errada! Deste modo, não haverá maldições do passado que interfiram no futuro”, concluiu.
Confira fotos:

Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress