Faça sua doação

"Meu pai não deixava comer em casa por eu ser tatuador"

Área de Conteúdo

"Meu pai não deixava comer em casa por eu ser tatuador"

"Meu pai não deixava comer em casa por eu ser tatuador"

Alef Ferreira foi contra muitas crenças e até mesmo à resistência da própria família e tem mostrado que é possível ser um tatuador cristão. “Eu tinha o dom de desenvolver um trabalho nessa área, mas como muitos, eu não achava a forma certa. Mas uma das formas que me auxiliou a desenvolver o dom de tatuador foi o Espírito Santo de Deus”, conta.
Muitas pessoas rejeitavam essa escolha de profissão do Alef, falavam que tatuagem não é coisa de Deus, que não leva para o céu e que é do demônio. Alef discorda e afirma que por meio do seu trabalho tem sido muito abençoado e ainda tem conseguido abençoar muitas outras vidas.
Antes, Alef passou por muita dificuldade, tinha rejeição em casa. “Meus pais não aceitavam, me privavam de momentos em família. Não deixava eu jantar, almoçar em casa por eu ser tatuador, por ele não aceitar a minha profissão. Mas no dia que eu aceitei a Deus todas as coisas começaram a fluir, principalmente, a minha profissão”, declara. O jovem encoraja ainda aqueles que ainda não conhecem ao amor de Deus: “Basta você querer e entregar a sua vida. Você também pode mudar muitas vidas por meio da sua entrega”.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress