Mensagens

SEU LIMITE ESTÁ EM SEU INTERIOR

Cada um de nós é monarca sobre a própria vida. Somos responsáveis pelo governo de nossas ações e decisões e é preciso ter caráter e autodisciplina para tomar as decisões boas e coerentes, fazer o correto e quando necessário, refrear o impulso dos erros repetidos. Sem esse esforço, deixamos de exercitar o autocontrole, fazemos ou dizemos coisas das quais nos arrependemos, perdemos oportunidades que se apresentam diante de nós e mergulhamos em dívidas.

Como afirmou o rei Salomão: “O rico domina sobre o pobre; quem toma emprestado é escravo de quem empresta”. Você já se perguntou por que as grandes potências “libertaram” as suas colônias? Quase todo país do terceiro mundo já foi colônia de uma grande potência, mas chegou uma hora que deram seu grito de liberdade. As próprias potências perceberam que o controle pela violência é inaceitável e desprezível, diferente do processo de liderança pelo conhecimento e habilidade.

Todo recurso que obtivemos, em qualquer nível, apenas foi suficiente para nos trazer até aqui. Para seguirmos adiante e alcançarmos novas conquistas precisamos de novos depósitos e, aí, entram os novos conhecimentos e habilidades.

A Bíblia nos mostra este princípio, ilustrado pela vida de dois reis de Israel. O rei da força e da grandeza era Saul (ele era bastante alto para aquela época). A Bíblia nos diz que Saul sobressaía sobre todos, do ombro para cima, ou seja, ele era projetado pela aparência de sua força e grandeza. Já Davi, seu sucessor, possuía conhecimentos, habilidade e uma energia incomum.

Entenda que o seu limite não é financeiro, nem patrimonial ou ministerial. Seu limite está em seu interior. A origem do limite é a ausência de conhecimento e habilidades, que geram a ausência de competência para aquela determinada conquista a que você se propôs.

Esses novos conhecimentos e habilidades podem ser definidos como “novos segredos” que, até então, estavam ausentes em sua vida. Então, saiba que para cada novo território, temos de alcançar novos segredos, porque eles são as “autorizações legais” que nos permitem entrar em novas regiões!

Sobre o colunista

Robson Rodovalho é físico graduado pela Universidade Federal de Goiás, da qual também foi professor. Formou-se ainda em Teologia e Filosofia, adquirindo conhecimentos que associa às suas constantes pesquisas no campo da Física Quântica. É fundador, Bispo e presidente do Ministério Sara Nossa Terra, que criou em 1992, ao lado de sua esposa, Bispa Lúcia Rodovalho. Conferencista internacional, ministra palestras sobre temas relacionados à relação entre ciência e fé, gestão, desenvolvimento pessoal e profissional, entre outros. Compositor e cantor, já lançou dois DVDs e sete CDs. Com o título “Sara Nossa Terra, Por Favor”, gravado pela Som Livre, garantiu o Disco de Ouro, em 2013. Rodovalho também é escritor. Seu ultimo livro, Rompiendo las Maldiciones Hereditarias, junta-se a uma bibliografia própria com mais de setenta obras. Entre os títulos de caréter científico, destaca-se Ciência e Fé – O Reencontro pela Física Quântica. Publicado pela editora LeYa, o título ficou por três semanas no topo da lista dos mais vendidos no país da revista Veja, logo após seu lançamento, em julho de 2014. Presidente da Rede Gênesis de TV e da Rede Sara Brasil de rádio, Rodovalho apresenta o programa Vida com Esperança, que vai ao ar diariamente para 22 capitais em sinal captado pelas TVs abertas. A transmissão também é reproduzida pelas rádios. Atuou como deputado federal por um mandato (2007-2010), deixando relevante legado para a sociedade. Entre as suas contribuições, destacam-se as bases da legislação que concedeu isenção fiscal ao microimportador (“sacoleiros”), além da lei que reconhece eventos gospel como culturais, concedendo-lhes os benefícios da Lei Rouanet que garantem financiamento mediante renúncia fiscal. Entre as homenagens que recebeu estão a condecoração como Destaque Nacional da Frente Parlamentar Evangélica (2004), Honra ao Mérito – Comissão Nacional de Defesa dos Direitos Humanos (2009) e Medalha do Mérito Legislativo (2013).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin