Mensagens

QUAL CAMINHO VOCÊ QUER SEGUIR?

Caminho é maneira de viver, de sentir, é um curso de conduta. Deus quer nos dar um novo caminho. Em Jesus nós temos o caminho de volta, o caminho para o Éden, o caminho para as delícias. Precisamos entender muito claramente a maneira de viver esses dois caminhos. Ou você é uma pessoa que passa por problemas ou você é uma pessoa problemática. A decisão é sua. Há quem diga: “Deus me fez assim.” Mentira. Pare de colocar a culpa em Deus.

Deus nos diz: “Existe o caminho da perdição e o caminho da vida. Qual você escolhe?” Se escolher o caminho da vida, saiba que ele é estreito e irá exigir muita disciplina. A porta é estreita, e se você tiver excesso de bagagem, de ressentimentos, de coisas do passado, não conseguirá passar. Quando seus problemas se repetem por anos e anos, namorado, muda de casamento, muda de cidade e nada acontece, pode ser que o problema não seja seu emprego, seu líder, seu cônjuge, talvez seja você. Então, pare por um momento e diga: “Senhor, se o problema central de tudo o que está me acontecendo, das pessoas não desenvolverem relacionamentos comigo, for eu, revela-me e cura-me”.

Lidar com gente é difícil, é sempre complicado. Principalmente quando a pessoa difícil é você. É muito fácil entrar em artimanhas malignas; o que nos preserva é conhecermos a nós mesmos. É quando eu sei dos meus limites, quando sei separar o que é do outro e o que é meu. Não sofra por algo que não é seu. Às vezes essa maneira que você está lidando com os problemas é maneira que a sua família lhe ensinou a lidar, mas família tem prazo de validade, família não sabe tudo.

Sabedoria não é conhecimento acumulado, mas é a capacidade de reconhecer aquilo que está diante de você, é ter discernimento. Isso é ser uma pessoa sábia. Por isso é que existem pessoas que mal sabem escrever seu nome, mas são um oásis de sabedoria e, na sua simplicidade, falam de coisas que você teve de fazer faculdade para aprender.

Você tem duas opções: Existe o caminho da destruição, da mediocridade, que inibe o seu potencial, que é um atalho, um caminho pelo qual fugimos das nossas responsabilidades e do crescimento. O outro caminho é o da grandeza que libera o nosso potencial, um caminho de crescimento contínuo de dentro para fora. O caminho da mediocridade é o daquela pessoa que se tornou azeda. Ela não era assim, mas as pessoas mudam para melhor ou para pior.

E você, qual escolha fará? Será que vai se tornar uma pessoa amarga, seguir o exemplo do seu pai, da sua mãe, daquela pessoa que por conta da solidão só vê defeito nos outros, não vê beleza em nada? Não adianta dizer que a vida lhe tornou azeda; você se torna uma pessoa azeda pela sua própria decisão. Por isso você é responsável por aquilo que vai se tornar.

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

Uma resposta para “QUAL CAMINHO VOCÊ QUER SEGUIR?”

  1. Silvana disse:

    Ninguém sabe o que outros estão passando! Mas fácil enfiar o dedo no olho do teu irmão do que perguntar se ele precisa de ajuda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin