Mensagens

O SOFRIMENTO E O LUTO

Se não podemos escolher quando a dor vai chegar, pelo menos podemos escolher quando ela vai partir. As células do nosso corpo estão constantemente “bisbilhotando” nossos pensamentos e sendo modificadas por eles. “Um surto de depressão poderá arrasar nosso sistema imunológico; apaixonar-se, ao contrário, pode fortificá-lo tremendamente”.

Segundo a Neurociência, somos as únicas criaturas na face da Terra capazes de mudar a nossa biologia pelo que pensamos e sentimos. A tristeza poderá durar até o anoitecer, mas a alegria vem. Declare isso sempre!

Deus estabeleceu um tempo de luto para o povo de Israel prantear o morto, após esse tempo tudo voltaria à normalidade; às vezes, parece brutal e mecânica essa recomendação. Será que temos controle sobre a duração do luto? Estudos tem comprovado que podemos mudar nossas emoções, mudando nosso pensamento e o comando do nosso cérebro.

“Tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu, há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar e tempo de curar; tempo de edificar e tempo de derrubar; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear; tempo de saltar de alegria…” (Eclesiastes 3:1-4)

Tudo tem o seu tempo! Há um ciclo determinado! E mesmo as experiências mais difíceis passarão. Depois da tormenta, olharemos para trás e diremos: Sobrevivemos! Não desistimos e nem nos prostramos diante das crises. Assim como as coisas boas passam, as ruins também passarão.

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

3 respostas para “O SOFRIMENTO E O LUTO”

  1. Marcos Vinicius disse:

    Amém! Bispa, eu creio

  2. Linda mensagem .Palavra maravilhosa estava eu precisando amei e creio ha tempo para tudo temos que saber nos posicionar Amém querida Bispa

  3. Cláudia Maria Rosa Pereira disse:

    ótima palavra.
    A dor é inevitável , o sofrimento é opcional.

Deixe uma resposta para Cláudia Maria Rosa Pereira Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin