Mensagens

LIBERTE-SE DO CATIVEIRO EMOCIONAL QUE EXISTE EM VOCÊ

Quem é você? Você tem vivido plenamente aquilo que Deus preparou para a sua vida? Tem desfrutado deste Ser que habita dentro de você? Cada dia que passa em nosso andar com Deus, ficamos mais maravilhados com a criação d’Ele e com a capacidade que Ele nos dá. Infelizmente, estamos vivemos em um mundo onde as pessoas estão perdendo a sua essência. Cada dia mais, estão buscando ser iguais às outras. Deus, quando nos criou, nos fez de forma única e individual. Ele “jogou fora a forma”, não repetiu a dose. A capacidade, a criatividade, o poder de Deus é tão tremendo que Ele não precisa de réplicas. Às vezes vivemos de forma muito diferente daquela que Deus planejou. Eu chamo isso de “Estado de Sequestro Emocional”. É algo parecido com o sequestro físico, pois em ambos a pessoa é afastada da sua realidade, começa a viver em cativeiro, é arrancada do mundo que pertencia, das pessoas que amava, das funções que exercia e se perde fisicamente. Esse estado de sequestro emocional faz com que elas fiquem privadas de si mesmas, daquilo que amam e, com o passar do tempo, já não sabem mais quem são, do que gostam e o que fazem.

Quando a pessoa vive esse sequestro emocional, ela tem a sua identidade negada. Em um sequestro, a primeira coisa que se faz é colocar uma venda na pessoa, deixá-la solitária em um quarto escuro e trancado. Quando os sequestradores entram para falar com ela, encobrem seus rostos para não serem reconhecidos. O sequestrado vive dias de total solidão e os sequestradores fazem isso justamente para fragilizá-lo.

Diante disso, cheguei a conclusão de que pessoas que sofrem o sequestro emocional, da sua identidade, são pessoas fragilizadas, limitadas, que não crescem  e que vivem em condição de vítimas. Elas perdem seu espaço de identificação naquele confinamento emocional. Ficam confinadas em seus medos, em seu espaço de negação e começam a desistir de seus sonhos. Mas desistir dos sonhos é desistir de si mesmo.

Se algo que era direito seu foi negado, você ficou sequestrado emocionalmente e colocou sua vida nas mãos de outros. A responsabilidade deixa de ser sua e passa a ser de outros e, quando isso acontece, torna-se totalmente frágil. Assim, a sua vida deve estar somente nas mãos de Deus. Quando você sabe que seu resgate foi pago e aceita ser amado por Deus, a insegurança do cativeiro acaba.

Por isso, é importante estarmos na igreja, porque ali temos muita experiências de contato com Deus, de ” quase céu”, que é quando Deus nos toca e, então, nos sentimos as pessoas mais amadas e ricas do mundo. É isso que Deus faz, foi para isso que Jesus veio: para nos resgatar e provar que somos as pessoas mais importantes do mundo para Ele.

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin