Mensagens

A IMPORTÂNCIA DE SE ENVOLVER

Você descobre o motivo para viver quando descobre o motivo para se envolver. Mas, o que é envolver-se? Como podemos nos envolver uns com os outros, com Deus, com nossa família, no nosso trabalho natural e ministerial, em tudo aquilo que fazemos?

Jesus estava sempre cercado por três tipos de pessoas:

a) Seus discípulos, que o amavam e apoiavam;

b) A multidão que o crucificou, que só ia atrás dele por causa dos milagres e do alimento;

c) Os doutores da lei, estudiosos do Velho Testamento.

Existiam várias linhas de doutores: uns acreditavam na ressurreição, outros acreditavam em batismo para mortos e era muito diversificada a interpretação que eles faziam da Palavra. Esse grupo de doutores da lei, os fariseus, também estava sempre ao lado de Jesus. Os discípulos estavam envolvidos com a missão de Jesus, envolvidos em cumprir Seu propósito, respondendo ao Seu chamado. A necessidade que Jesus tinha era de prepara-los para que eles pudessem multiplicar a Sua palavra e leva-la para todo o mundo. Esses discípulos eram profundamente envolvidos porque viviam diariamente ao lado de Jesus e se envolveram a ponto de carregar junto com ele a Sua carga.

Qual é o caminho da nossa vida cristã? É crescer para a estatura de Cristo. Todos os dias decidimos pelo caminho de Jesus. Mas existe um processo para se tornar igual a Jesus. Para chegar à maturidade de Jesus é necessário um caminhar progressivo, seja qual for a estrada. Existem pessoas que amadurecem pelos problemas em seu casamento. Deus permite que situações no lar lhes amadureçam e os levem a se tornarem pessoas mais parecidas com Jesus. Os problemas não devem nos afastar de Deus, mas aproximar-nos Dele. As dificuldades devem nos levar para os pés da cruz.

Muitas vezes em nosso caminhar com Jesus experimentamos o medo e a incerteza. Esses são momentos que você não consegue ver, não consegue enxergar a luz à sua frente. Mas, quando você faz uma opção de se envolver com Cristo, de se envolver na Sua obra, com a Sua Palavra e com as pessoas, você não se desvia do caminho.

Incerteza é sintoma de mudança, de novos rumos. Quando eu começo a viver dias de incerteza, significa que algo novo está para acontecer. Quando existe esperança, nós vencemos a incerteza em nossos corações. Muitas pessoas próximas a nós foram mutiladas pela vida, mutiladas emocionalmente, espiritualmente e até fisicamente. Pessoas que foram vítimas de ladrões, que foram roubadas de seus sonhos, de sua esperança, de sua certeza, de sua confiança. Hoje Deus está lhe chamando, não para fugir, mas para ter uma posição de envolvimento. Não fique neutro na vida, se envolva. Essas pessoas mutiladas, roubadas e feridas estão perto de nós e, muitas vezes, dentro de nossas próprias casas.

 

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin