Mensagens

DEUS QUER CRENTE ESPIRITUAL E NÃO CRENTE MÍSTICO

“E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório. Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido; E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará. Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor”. (2º Coríntios 3:13-18)

Moisés recebeu um chamado de Deus para subir no monte para levar Josué, Arão, Hur e os seus 60 anciãos. A Bíblia nos mostra que quando eles estavam lá em cima, a glória do Senhor apareceu a eles. Aquela glória passou para o rosto de Moisés e quando ele desceu o seu rosto estava incandescente. O povo olhava para ele e falava que o seu rosto estava brilhando, que irradiava e refletia a glória de Deus.

Mas com o tempo, Moisés percebeu que a glória do Senhor começou a cair e ele começou a ser uma pessoa normal, como as outras. Diante disso, vemos que Deus quer crente espiritual e não crente místico. Não é preciso ser radioativo, basta ser espiritual.

Deus não queria que Moisés fosse uma estátua radioativa, mas que ele fosse um líder que ensinasse o povo a escolher, a amadurecer, a amar, a perdoar, a ser santo. Deus chamou a Moisés, a mim e a você não para sermos estátuas radioativas, mas sermos líderes que fazem intervenções com os pés no chão, humanos, mas muito espirituais. Mesmo que muitas vezes as pessoas não nos compreendam, nós assim o fazemos, porque amamos e temos um compromisso de levar as pessoas a uma vida de vitória.

Muitos gostam de brilhar, mas depois saem da presença de Deus e vão falar mal dos outros, vão brigar, vivem cheio de brechas. Um dia está em cima, outro está embaixo. Deus não te chamou para viver essa vida, brilhando, radioativizando e depois vivendo uma vida carnal. Seja um cristão espiritual e não místico.

 

Sobre o colunista

Robson Rodovalho é físico graduado pela Universidade Federal de Goiás, da qual também foi professor. Formou-se ainda em Teologia e Filosofia, adquirindo conhecimentos que associa às suas constantes pesquisas no campo da Física Quântica. É fundador, Bispo e presidente do Ministério Sara Nossa Terra, que criou em 1992, ao lado de sua esposa, Bispa Lúcia Rodovalho. Conferencista internacional, ministra palestras sobre temas relacionados à relação entre ciência e fé, gestão, desenvolvimento pessoal e profissional, entre outros. Compositor e cantor, já lançou dois DVDs e sete CDs. Com o título “Sara Nossa Terra, Por Favor”, gravado pela Som Livre, garantiu o Disco de Ouro, em 2013. Rodovalho também é escritor. Seu ultimo livro, Rompiendo las Maldiciones Hereditarias, junta-se a uma bibliografia própria com mais de setenta obras. Entre os títulos de caréter científico, destaca-se Ciência e Fé – O Reencontro pela Física Quântica. Publicado pela editora LeYa, o título ficou por três semanas no topo da lista dos mais vendidos no país da revista Veja, logo após seu lançamento, em julho de 2014. Presidente da Rede Gênesis de TV e da Rede Sara Brasil de rádio, Rodovalho apresenta o programa Vida com Esperança, que vai ao ar diariamente para 22 capitais em sinal captado pelas TVs abertas. A transmissão também é reproduzida pelas rádios. Atuou como deputado federal por um mandato (2007-2010), deixando relevante legado para a sociedade. Entre as suas contribuições, destacam-se as bases da legislação que concedeu isenção fiscal ao microimportador (“sacoleiros”), além da lei que reconhece eventos gospel como culturais, concedendo-lhes os benefícios da Lei Rouanet que garantem financiamento mediante renúncia fiscal. Entre as homenagens que recebeu estão a condecoração como Destaque Nacional da Frente Parlamentar Evangélica (2004), Honra ao Mérito – Comissão Nacional de Defesa dos Direitos Humanos (2009) e Medalha do Mérito Legislativo (2013).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin