Faça sua doação

Marcela de Sá aprendeu a praticar o perdão na Sara

Área de Conteúdo

Marcela de Sá aprendeu a praticar o perdão na Sara

Marcela de Sá aprendeu a praticar o perdão na Sara

A vida de Marcela Apolinário foi marcada por abandono, rejeição e perdas. Quando ela tinha um ano de idade, o pai a abandonou. Na infância, entre os 5 e 7 anos, perdeu o irmão em um soterramento. Na sequência, foi rejeitada pela mãe.

Mas, aos 18 anos, ela conheceu o poder da unção e do afeto na Sara Nossa Terra. “Em 2005, conheci a igreja ao lado do meu marido. “Fiquei impactada com tanto amor que recebi. Aliás, nunca tinha visto isto em igreja nenhuma. Na Sara me senti muito amada!”, recorda.

Ao aprender sobre perdão na SNT, Marcela decidiu enfrentar o sentimento de rejeição que sentia da mãe e que sugava a energia dela por tantos anos.  Para lidar com isso, Apolinário chamou a genitora para uma conversa que foi transformadora na vida de ambas.

“Sempre demonstrei amor a ela e não era retribuída. Inclusive, cheguei a achar que não era filha legítima. Mas ela me explicou que agiu assim, pois era esse tipo de amor que ela recebia da mãe dela. Ou seja, ela fazia sem perceber. Atualmente, ela se preocupa tanto comigo que me envia mensagens dizendo que me ama!”, comemora.

Hoje, Marcela Apolinário é Pastora na Sara e acredita que “o Senhor tratou da ausência e rejeição que eu sentia. Abri meu coração.” Além disso, ao tornar-se mãe aprendeu e entende a força do perdão e deixa um recado:

“Pode ser que hoje você pense que está sozinho na vida. Mas saiba que em todos os momentos, Deus estará com você. Jesus sempre vai segurar em sua mão.”

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress