Faça sua doação

Manhã Celebração Brasília – Palavra dos Bispos Rodovalho, Lucas e Priscila Cunha e Jamil Albuquerque

Área de Conteúdo

Manhã Celebração Brasília – Palavra dos Bispos Rodovalho, Lucas e Priscila Cunha e Jamil Albuquerque

Manhã Celebração Brasília – Palavra dos Bispos Rodovalho, Lucas e Priscila Cunha e Jamil Albuquerque

IMG_9947Com muitas cores representando várias partes do Distrito Federal e caravanas de outros países como Argentina e Portugal, milhares de pessoas marcaram presença na manhã desta quinta-feira (07), para a abertura oficial da Celebração Internacional de Brasília, no Campus Arena.

Abrindo as preleções da manhã, Bispa Priscila Rodovalho Cunha pregou sobre o tema Que tipo de líder você é? e fez alguns questionamentos: “Será que você está aqui para cumprir a missão de Deus ou a sua missão pessoal? O líder que cumpre a missão do seu líder tem caráter”.  A banda Arena Louvor ministrou o louvor.

Com base na passagem Bíblica de 2 Timóteo 1:7, Bispa Priscila falou sobre o caráter e a importância da escuta. “Mesmo na seca você dará frutos, isso é caráter. Não importa se você está passando por deserto ou bençãos, você será frutífero, mas isso acontece nos homens e mulheres que tem caráter e permanecem firmes. O sucesso está em ouvir o seu líder. Este cresce e permanece na missão. Pratica o que seu líder quer. O homem que se acha mais que o seu líder é soberbo, sem caráter. Está ali apenas de corpo presente, mas não está conectado com Deus”. Para finalizar, apontou dois tipos de líder que são prejudiciais.  O líder escorpião que não ouve, não tem caráter, é picado, fica lembrando da dor 24 horas. E o líder serpente, que é astuto, manipulador, seduz, tentando conquistar o ambiente para aquilo que ele quer.

Na segunda Palavra da manhã, o presidente do Ministério Sara Nossa Terra, Bispo Robson Rodovalho falou sobre Princípios para entrar no território da excelência. “O medíocre é o oposto do excelente. Uma coisa é você ter isto como padrão e querer colocar os pés naquele território, você veio aqui para receber a unção para que o território da excelência seja o seu território. Quais áreas da sua vida já são excelentes? Quando você anda com Deus ele anda contigo e ate os mínimos detalhes Ele cuidará em você”.

Ressaltou também que algumas áreas da vida já são recebidas prontas, mas outras precisam ser desenvolvidas e crescer. “Descubra em quais delas você tem que entrar na excelência. Antes de cada território existe uma batalha severa. O problema de nós entrarmos no território da excelência é que cada território é precedida por uma batalha. Cada nova conquista é um território. Ninguém vê você nas batalhas, mas todos veem você no alto da montanha, com as conquistas nas mãos. As batalhas são sozinhas, mas as conquistas acompanhadas”.

Jamil Albuquerque, presidente da Fundação Napoleão Rio iniciou sua palestra dizendo: “Quando saudamos alguém com a paz dizemos encontre o centro de si mesmo. Quando dizemos a paz de Jesus estamos dizendo a essa pessoa encontre o centro de si mesmo através de Jesus Cristo”.  Destacou que é preciso duvidar porque quando você duvida você abre a questionamentos e aumenta sua percepção. “Quem governa precisa ter rumo. Uma família sem rumo vai por água abaixo, assim como uma nação, uma empresa. A mente é que governa com sabedoria. Jesus tem esses 12 segredos que farão você ser um ser humano melhor. Liderar é decidir e Jesus foi o maior líder de todos os tempos”, disse.

Bispo Lucas Cunha finalizou as pregações da manhã e falou que os sentimentos determinam a forma como as pessoas vão tocar a vida. “Devemos ter uma grande administração emocional sobre eles. Os nossos sentimentos estão na região do coração e ele é enganoso, chega a ser maldoso. Nós lemos a vida com os nossos sentimentos, tudo o que vem até mim eu vou ler por meio deles. Isso pode gerar uma crise se eles estiverem bagunçados. Quantas vezes você reagiu a algo pelo que estava sentindo e não era verdade? E teve má impressão de alguém, mas era um engano?”.

Exaltou a necessidade de ouvir a voz do espirito e ver os sinais, ao invés de ouvir o coração, pois ele é enganoso. “Nós exploramos e provocamos dentro de você aquilo que você já tem, que já estava dentro de ti. Chega um momento que você precisa romper com as sua debilidades, com as suas fraquezas, que é quando você para nas barreiras e vê que as coisas não crescem. Se você fala com fé, pra fora e sem medo aquilo penetra, permeia, mas se fala para dentro, enrustido, aquilo não rompe. Homem de Deus não anda segundo o coração, anda segundo a fé”.

Durante as preleções ocorreram os Workshops Consolidar e O Cristão, a Igreja e a Política, com centenas de jovens sedentos por conhecer mais do amor de Deus e firmar-se na Palavra do Senhor, exercendo também, seu voto, sua cidadania e sua fé.

Confira as fotos:

Créditos Fotos: Ronaldo Caldas

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress