Faça sua doação

Launa Gadelha encontrou na SNT a acessibilidade para conhecer a Palavra de Deus

Área de Conteúdo

Launa Gadelha encontrou na SNT a acessibilidade para conhecer a Palavra de Deus

Launa Gadelha encontrou na SNT a acessibilidade para conhecer a Palavra de Deus

launaLauana Gadelha tem 27 anos e há 1 conheceu a Sara Nossa Terra. A jovem que nasceu surda devido a mãe ter contraído rubéola na gestação, pisou pela primeira vez em uma SNT a convite de uma amiga, também surda. “A primeira vez que fui a um culto me senti super bem porque foi todo interpretado e tive acessibilidade”, lembra.

O fato da igreja ter intérpretes nas ministrações das palavras, chamou ainda mais a atenção da jovem e a motivou para conhecer o Ministério. Lauana conta que se sentiu muito feliz com a recepção. “As intérpretes serem evangélicas, eu achei super legal. Elas têm um dom que ajudam os surdos, porque é necessário que nós conheçamos a Jesus, a Bíblia e a célula e é muito bom conhecer novos amigos de Deus”, conta.

Após o primeiro contato, a jovem então passou a frequentar as células, ir aos cultos e eis que então chegou o dia de vivenciar as maravilhas do Senhor no Revisão de Vidas. Acompanhada por duas intérpretes, Luana participou de tudo que acontecia. Na ocasião a jovem pôde vivenciar o seu  primeiro milagre. Lauana tinha uma alergia crônica que atacava sempre que estava em contato com água gelada e por conta disso estava disposta a não batizar, pois sabia que sofreria as consequências depois. “Estava muito frio no dia e a água muito gelada, e sempre que ficava na água gelada gripava e atacava minha rinite. Mas a intérprete Flávia me aconselhou e me desafiou a ter fé que eu ia ser curada naquele dia. Eu então tomei a decisão e fui batizar. Quando sai, não tive nenhum problema e fui curada.Hoje não sinto mais nada, graça Deus!”, comemora.

No período de 1 ano muitas coisas aconteceram na vida da jovem. Hoje ela faz parte do Ministério de Libras na Embaixada SNT, em Brasília, e assim com um dia conheceu a Deus e Sua Palavra porque teve a acessibilidade dentro da igreja, ela também colabora para que outras pessoas possam ter esse contato, passando seu conhecimento e dedicação nas aulas e cursos que ministra na igreja. “É importante sim as pessoas serem usadas por Deus com seus dons. Também é muito importante ter pessoas que queiram aprender a língua de sinais e serem intérpretes, pois ajudam os surdos a entenderem as coisas de Deus”.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress