Faça sua doação

Jovem tem sua vida restaurada no Revisão de Vidas e reencontra o pai após 23 anos

Área de Conteúdo

Jovem tem sua vida restaurada no Revisão de Vidas e reencontra o pai após 23 anos

Jovem tem sua vida restaurada no Revisão de Vidas e reencontra o pai após 23 anos

10522216_684367951613123_3549036903146443491_nAos 21 anos, Marcos Magalhães tinha uma vida típica de um jovem da sua idade, sobretudo por achar que era o dono do mundo. Porém, neste mesmo período a mãe se separou do marido e de um dia para o outro, o jovem viu sua vida ir do “luxo para o lixo”, como relata. Acostumado a morar em uma casa grande, confortável, mas com a separação da mãe e do padrasto tiveram que se mudar para um barraco e dividir o lote com mais três famílias.

 

Com a falta de conforto, surgiram as brigas e discussões com a mãe. Foi quando a vida de Marcos começou afundar nas bebidas, baladas e no homossexualismo.  “Passei a frequentar baladas GLS e me envolvi em muitos relacionamentos, todos frustrados. Eu fui tomando o caminho da depressão,  porque ao mesmo tempo que estava no meio da galera, desfrutando de prazeres,  me sentia vazio, destruído por dentro”, recorda.

 

O jovem vivia uma vida de aparências, até que um dia, uma antiga amiga de balada o convidou para ir a uma célula.  “Fui impactado por Deus e nessa célulaMarcos Magalhães e seu pai fui desafiado a ir para o Revisão de Vidas.  Não tinha condições de pagar, pois estava passando por uma situação muito difícil. Mas as meninas se mobilizaram, venderam coisas e me ajudaram com a inscrição”.

 

No Revisão o jovem descobriu sua identidade original e um drama do passado, até então adormecido, veio a tona para que Marcos pudesse, de fato, viver em paz. O jovem não conhecia o pai biológico, nunca tinha visto uma única foto, sabia apenas o primeiro nome e que o pai supostamente residia em Goiânia. ” No Revisão fui curado e transformado e Deus me disse que eu iria encontrá-lo porque eu precisava liberar perdão”, lembra.

 

Em janeiro, de uma forma sobrenatural, o pai de Marcos entrou em contato com o filho, foi então que marcaram de se conhecer, 23 anos depois. “Hoje ele faz parte da minha vida, Deus só não me deu a oportunidade de me mostrar minha identidade mas também de conhecer a minha raiz”, comemora. Hoje Marcos tem motivos de sobra para comemorar. Com uma vida pessoal e financeira restabelecida, formado em administração, tem uma empresa de assessoria de Marketing e Consultoria Empresarial, além de ser líder de célula, ajudando outros jovens a descobrirem sua identidade. “Estou totalmente restaurado e curado para honra e glória do Senhor e hoje ajudo outros homossexuais”, destaca.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress