Faça sua doação

Jovem foi resgatado por Deus ao ler um livro do Bispo Rodovalho na prisão

Área de Conteúdo

Jovem foi resgatado por Deus ao ler um livro do Bispo Rodovalho na prisão

Jovem foi resgatado por Deus ao ler um livro do Bispo Rodovalho na prisão

Wilkson Monteiro Alves tinha uma vida de correria no mundo do crime. Desde cedo parou de estudar e conheceu pessoas que o puxaram para o mau caminho. Junto com uma “galera” roubava carros, ia para as festas armado e vendia drogas. O milagre aconteceu quando ele viu o Bispo Rodovalho com o cantor Hélio Borges ministrando e distribuindo livros no presídio onde estava. Ao ler um exemplar do livro, uma semente de transformação começou a agir nas emoções dele. E, claro, ele foi impactado pela Presença de Deus.

 Wilkson enfrentou desafios que literalmente o livraram da morte. “Por noites pessoas queriam me matar, inclusive, tive que sair da quadra onde morava. Fui preso duas vezes. E saiu um mandado de prisão.  Me levaram para o Núcleo de Custódia. De lá fui para o presídio Cascavel e depois Papuda, onde vi o Bispo Robson. “ Eles estavam ministrando e com uma caixa de livros. E, fui lá ver, o Hélio Borges estava cantando. Tentei pegar um livro e não consegui. E um rapaz me semeou e li o livro todo. Depois de um tempo saí deste presídio”.

 Ao receber convite de amigos, o jovem visitou a Sara Nossa Terra de Ceilândia. “Recebi um desafio de continuar vindo para a igreja. Mas eu ainda continuava a fazer os mesmos atos, não tinha largado o vício. Mesmo assim, fui ao primeiro Revisão que na época quem liderava eram os pastores Diego e Úrsula Kort. Igualmente, fui ajudado pelo Bispo Lucas Cunha.  Comecei a passar por um processo de transformação”.

Um dos grandes milagres vividos por Monteiro, foi logo na época que tinha aberto a primeira célula, ele ganhou do juiz, na época no Natal, um Induto de Pena.  “Recebi o perdão da pena. Pois, quinzenalmente eu tinha que assinar papéis no sistema carcerário. Eu ainda tinha 4 anos e dois meses de regime aberto. Este induto foi igual um prêmio que recebi – e com isto eu entendi que tinha sido o poder de uma célula e o poder de cuidar das pessoas. Me transformei em um líder e fui amadurecendo. Deus foi abrindo as portas e tive oportunidades em trabalhar em eventos grandes.  Me tornei funcionário da igreja de Ceilândia. Conheci minha esposa no Instituto de Vencedores e hoje temos um filho. Posso afirmar que enfrentei todas as guerras. E já são seis anos que estou firme no caminho de Deus”!

 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress