Faça sua doação

Evangélicos na Ucrânia e na Rússia se mobilizam pela paz entre os países

Área de Conteúdo

Evangélicos na Ucrânia e na Rússia se mobilizam pela paz entre os países

Evangélicos na Ucrânia e na Rússia se mobilizam pela paz entre os países

Os evangélicos russos e ucranianos buscam a paz como prioridade diante das tensões entre os dois países, que correm o risco de guerra a qualquer momento.

A Rússia intensificou as tensões com a Ucrânia, quando cerca de 100 mil soldados foram levados para praticar jogos de guerra na Crimeia e outros territórios de fronteira, a preocupação também aumentou depois que os diplomatas russos, tchecos e ucranianos foram expulsos nos últimos dias.

“Aqueles que organizam quaisquer provocações que ameacem nossos interesses de segurança centrais irão se arrepender de seus atos mais do que se arrependeram de qualquer coisa por muito tempo”, disse o presidente russo, Vladimir Putin, nesta semana.

A Rússia vive um momento delicado, mais de mil manifestantes foram presos em protestos não autorizados que aconteceram em Moscou e outras cidades apoiando o líder da oposição Alexei Navalny, que está preso desde fevereiro fazendo greve de fome, tendo sua saúde afetada gravemente.

Cristãos pedem pela paz

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, respirou com alívio depois que o Ministério da Defesa russo pediu para retirar as tropas nas últimas horas, e agradeceu no Twitter pelo apoio e suporte dos seus parceiros internacionais.

O secretário geral da Aliança Evangélica Russa (EA, sigla em inglês), Vitaly Vlasenki, disse a um site de notícias espanhol que ele deseja que esse momento seja um momento de restaurar as relações e amizades entre os povos russos e ucranianos e acrescentou:

“Na minha opinião, devemos fazer todo o possível para diminuir a tensão das partes em conflito, com a diplomacia popular e eclesial. E, se possível, traçar um novo plano para um acordo pacífico ”. Segundo o representante da EA, a organização defende a resolução dos conflitos de forma pacífica.

A possível guerra entre os países não assusta os evangélicos, porém muitos se manifestaram apoiando a paz.

O  Cristão Euslan Kukharchuk, jornalista ucraniano e fundador da Associação Novomedia, disse que depois que a russa intensificou os militares, quase todos os evangélicos se uniram para orar e jejuar pela paz do país, convidando publicamente os ucranianos, segundo a Evangelical Focus.

 

Fonte: Gospel Prime

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress