Faça sua doação

”Enquanto não alinhamos nossa vontade a de Deus, o céu não se abre”, diz Lucas Cunha

Área de Conteúdo

”Enquanto não alinhamos nossa vontade a de Deus, o céu não se abre”, diz Lucas Cunha

”Enquanto não alinhamos nossa vontade a de Deus, o céu não se abre”, diz Lucas Cunha

Os cultos de doming, 28, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, foram marcados pela volta dos revisionistas e palavra ministrada pelo Bispo Lucas Cunha.
Para a abordagem da Palavra,  o preletor  trouxe como embasamento o livro de 1 Samuel e afirmou que enquanto não alinhamos a nossa vontade com o propósito de Deus o Céu não se abre para nós”. “ De acordo com a palavra,  Ana foi esposa de Elcana e era perseguida por Penina, por não poder ter filhos. Na época da passagem descrita no Antigo Testamento, era aceito o marido ter duas esposas; Elcana supria Ana emocionalmente, mas a segunda esposa não deixava que ela ficasse em paz. Ou seja, a presença de Deus manifesta-se em nossas vidas quando não mais dependemos de recursos humanos”, testificou.  
Ainda na palavra, o preletor destacou com base no livro de 1Samuel 1:15 que Deus tirou todo o peso do coração de Ana e transformou a alma dela em esperança e plenitude. “ Ana fez um voto  de consagrar o filho dela a Deus; ela não estava mais com a motivação errada, pois no princípio ela queria provar às pessoas que a cobravam. De um espírito amargurado ela encontrou uma vida cheia da presença do Pai. Pois o Senhor abençoou à Ana e Samuel cresceu diante do Altíssimo. Qual a sua motivação? Alinhe a tua vontade com o propósito e busque o Reino de Deus em primeiro lugar. Se estiver com o coração pesado derrame-se diante do Altar, não carregue mais peso”, concluiu.
Confira fotos:

Credito das fotos: Gabriel de Souza
Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress