Faça sua doação

"Deus honra o nosso casamento, porque nós O honramos antes", diz atriz de Hollywood Meagan Good

Área de Conteúdo

"Deus honra o nosso casamento, porque nós O honramos antes", diz atriz de Hollywood Meagan Good

"Deus honra o nosso casamento, porque nós O honramos antes", diz atriz de Hollywood Meagan Good

3084858385-meagan-good-e-devon-franklin
Foto: internet

Meagan Good nunca pensou que ela iria se casar. Depois de testemunhar relacionamentos disfuncionais e se questionar se havia realmente alguém com quem ela poderia construir uma vida a dois, a premiada atriz de 34 anos decidiu se concentrar em Deus. Enquanto isso, seu futuro marido, DeVon Franklin, o ex-executivo da Sony Pictures, que agora dirige a produtora ‘Franklin Entretenimento’, acreditava que um relacionamento amoroso poderia privá-lo de alcançar grandes objetivos de sua carreira.

No entanto, quando cada um deles escolheu simplesmente esperar e colocar Deus no comando de suas vidas amorosas, eles acabaram se encontrando e se tornaram marido e mulher. Para alguns, isso pode soar como um conto de fadas, mas é a verdadeira história descrita no primeiro livro do casal, intitulado “A Espera: Uma Prática poderosa para Encontrar o Amor de Sua Vida”.

No livro, o casal de Hollywood escreve sobre mais do que apenas a sua história de amor, mas também aconselha as pessoas sobre os benefícios da espera, dão conselhos sobre namoro e dicas práticas para ajudar as pessoas a se concentrarem e acreditarem que a fé que pode transformar relacionamentos.

Durante uma entrevista com o ‘Christian Post’, o casal que se casou no verão de 2012 falou sobre seus pontos de vista sobre namoro, amor e manter Deus no centro de tudo. Para a atriz que já foi muito temerosa com relação ao casamento, honrar a Deus e esperar para ter relações sexuais somente a partir da noite de núpcias ajudou a eliminar esses medos.

“Eu vi tantos casamentos à minha volta se deteriorando. Isso era muito assustador para mim”, revelou Good. “Acho que a diferença está na implementação da Espera’. A fundação que temos é tão sólida que isso me faz sentir muito mais seguro e me dá muito mais confiança – e não apenas em nosso casamento, mas no que Deus está fazendo em nós e através de nós. Ele honra o nosso casamento porque nós aproveitamos o tempo para honrá-Lo antes, com nossa fundação”.

Franklin admite que antes de encontrar sua esposa, ele sofria com temores diante de relacionamentos, comuns a muitos homens cristãos que ele conhecia. O palestrante e produtor cristão de 37 anos, que trabalhou em filmes como “Karate Kid e “O Céu É de Verdade”, não acreditava que sua carreira e vida amorosa poderiam coexistir.

“Por um longo tempo, como um homem cristão, isso era algo que me desafiava. Eu me sentia como: ‘olha, eu quero fazer todas essas coisas no mundo, eu quero seguir em frente com minha carreira’. E no momento eu pensava que estar aberto ao amor iria me atrasar”, disse ele ao CP. “Uma vez eu estava aberto para o amor que Deus estava tentando me trazer, ele só não me ajudou a encontrar a paz através do namoro e, finalmente, me casar com Meagan, mas também me mostrou que o amor realmente me ajudou a me tornar uma pessoa melhor. Ele me fez também alguém melhor em minha carreira”.

Quando se trata de homens e namoro cristão, Franklin se recusa a generalizar amplamente questões sobre esses assuntos do coração.

Meagan, no entanto, acredita que cabe às mulheres definir seus limites e determinar o ritmo físico de qualquer relação em potencial.

“Como mulheres, muitas vezes, temos que definir o ritmo que queremos. Muitas vezes, alguns caras aceitarão o que quer que estejamos propondo”, disse ela. “Muitas vezes se dissermos a um cara: ‘Ei, isso é o que eu quero fazer, é isso que eu acho que devemos fazer, você está disposto a fazer isso comigo?’. Pode ser que o mesmo cara que só ligava para questões físicas em seu último relacionamento aceite sua proposta, simplesmente porque você pediu a ele e porque ele é o homem que realmente está no seu coração”.

Embora não existam garantias quanto ao tempo que as pessoas vão esperar pelo seu cônjuge depois de fazer tal decisão, a atriz sente que a espera e a confiança na vontade de Deus pode ajudar para que o processo pareça ser menos longo.

“Nós nos contentamos com coisas que normalmente não iríamos nos contentar se não fôssemos co-dependentes delas fisicamente. Então, eu diria que a espera ajuda você a saber se esta pessoa é realmente sua [como cônjuge] muito mais rápido”, explicou Good. “Muitas vezes você não consegue esta resolução com essa pessoa que você gostaria de ter um relacionamento amoroso porque leva muito mais tempo para realmente conhecê-la como um ser humano. Você [pode] levar muito mais tempo para perceber este alguém não é a pessoa com quem você deve estar, porque você está envolvido na parte física do relacionamento”.

Ainda assim, algumas pessoas têm escolhido a espera pelo relacionamento certo e conseguem ver que Deus ensina sobre outros pontos significativos. Para aqueles frustrados com o processo de espera, Franklin acredita que é importante se voltar para Deus.

“Eu acho que é tão importante – não só no namoro, mas na vida em geral – que quando você estiver frustrado sobre algo, não se concentre nos pontos negativos”, disse ele. “O que eu aprendi é que a frustração pode perturbar o que deve ser focado. Por isso é preciso pedir: ‘mostre-me, Senhor, como não permanecer frustrado. Mostre-me como manter o pensamento positivo e de mente aberta para que eu possa ver de onde o Senhor quer trazer a minha pessoa amada”.

O pregador e orador motivacional passou a incentivar as pessoas a não permitirem que a frustração “perturbe a sua vida de oração, a sua vida de fé e se concentrem no que eles querem”.

Em seu livro, o casal se aprofunda em questões práticas sobre o que fazer enquanto se espera em Deus para que Ele traga um cônjuge que vai trocar votos matrimoniais com você e dizer o “sim” no altar. Em vez de ficar obcecado sobre quando você vai encontrar o amor duradouro, Meagan disse que é importante se focar em seu relacionamento com Deus e seu amadurecimento.

“Torne-se ‘obcecado’ com relação à pessoa que você finalmente precisa ser antes que você possa convidar coisas como o casamento para entrar em sua vida. Eu acho que esse momento está focado realmente em investir seu tempo no relacionamento com Deus e lidar com o que quer que seja que você tenha vivido e ainda não tenha sido tratado”, disse ela. “Eu acho que é um tempo de exploração para fazer as coisas que você nunca fez antes”.

No livro “Pense Como Um Homem” a atriz revelou que enquanto ela estava esperando por seu marido, ela também tinha algumas curas a serem operadas em sua vida.

“Para mim, muito desse tempo precisou ser gasto para colocar em perspectiva as coisas com que eu precisava para lidar para mudar a mim mesm, curas que deveriam ter ocorrido em relacionamentos passados, desde a infância e apenas realmente investir no desenvolvimento do senso de auto-consciência”, ela admitiu. “Gostaria apenas de incentivar as mulheres e os homens a usar esse tempo para se desenvolverem”.

Depois de anos fazendo entrevistas sobre o seu tempo ‘celibatário’ antes do casamento e com foco em Deus, alguns fãs podem se surpreender ao saber que o casal não tinha a intenção de falar tanto ao público sobre o seu relacionamento. No entanto, compartilhar sua história e escrever este novo livro foi sobre mais do que apenas o ‘poderoso’ casal de Hollywood.

“Nós apenas fomos sinceros sobre isso, porque quanto mais nós conversamos com as pessoas sobre esse assunto e quanto mais interesse havua em pessoas que desejavam fazê-lo ou foram secretamente fazendo isso, percebemos que era algo que nós deveríamos usar para ajudar outras pessoas. Queremos que as pessoas recebem o melhor que Deus tem para elas”, disse ela. “O que fizemos realmente funcionou para nós e fez toda a diferença. Por que não compartilhar o que pode abençoar alguém se talvez faça toda a diferença para essa pessoa?”.

Fonte: guiame.com

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress