Com o tema “Igreja em Chamas” TAL 2020 traz impacto profético de avivamento – Sara Nossa Terra Doe agora

Com o tema “Igreja em Chamas” TAL 2020 traz impacto profético de avivamento

Com transmissão on-line, via Youtube do Arena Jovem,  para todo o Brasil e países, aconteceu no feriado de quinta-feira, 11, o TAL, com o tema :Igreja em Chamas. Os bispos Lucas e Priscila Cunha abriram o evento com oração e declaração profética, com base no livro de Atos 1:8. O louvor começou e prosseguiu com os pastores Clayton O´lee , Abimael Júnior, Weltinho e a cantora Rebeca Carvalho.

Logo após houve um bate-papo com os bispos Rafael e Lis Assunção, Marcos Dal Bello, que compartilharam experiências e testemunhos. Igualmente, os pastores Dudu Marcel e Diogo Kort, mostraram o impacto do TAL nas redes sociais. Em seguida, a bispa Priscila e pastora e psicóloga Lia Clerot participaram de um bate papo, onde foram entrevistas pela bispa Lis, sobre a psicologia em tempos de quarentena. Em enquetes na forma teatral, pastores declararam verdades bíblicas.

Na primeira palavra, bispa Priscila pregou que a pessoa anti-frágil tem força para se reconstruir em meio à força do Espírito Santo. Já a pastora e psicóloga Lia Clerot ressaltou que sem propósito não existe felicidade. Em seguida o bispo Lucas Cunha alertou sobre as cadeias serem quebradas para que a unção possa fluir. E, indo para a parte final, os bispos Lucas e Priscila, entrevistaram respectivamente, via on-line, os Bispos Robson e Lúcia Rodovalho que em um bate papo, responderam perguntas eclesiásticas que abrangem a vida de todo homem e mulher de Deus.

Bispo Lucas Cunha

“Se as cadeias não forem quebradas o Espírito Santo não poderá agir em sua vida. Você tem que tomar uma decisão agora. A hora do poder da Cruz agir em sua vida e te tirar da escuridão é agora. Você não é escravo do pecado. Vai quebrando estas mentiras, sofismas e paradigmas que falam que você não  é capaz de largar o pecado. Você consegue sim, pois existe o poder de Deus em sua vida”.

Bispa Priscila Rodovalho Cunha

“Tenho feito ao longo de duas semanas uma Live  que fala sobre o que é ser uma mulher anti- frágil. Quem imaginou que em 2020 viveríamos o que estamos vivendo.  O que é o frágil?   O que adianta você ter o Espírito Santo, mas ser frágil igual este copo de vidro. Não podemos ser frágeis e nem resistentes. Ser resistente é bom até certo ponto, pois aí entra o Espírito Santo. No entanto, anti- frágil se permite errar e voltar mais forte.  O anti-frágil é verdadeiro e sabe perdoar. Ele se quebra em vários pedaços e se permite reconstruir. E nesta quarentena Deus quer te tornar um vaso anti- frágil e maleável. Esteja disposto a se reinventar e aprender. Não existe limite no qual o Espírito Santo não possa  fazer em sua vida”.

Pastora e psicóloga Lia Clerot

“Estamos tendo mais tempo para perceber quem somos, pois tínhamos uma vida muito apressada. E, claro, muitas pessoas têm saído bem e outras nem tanto. As pessoas têm que entender e se permitir  que é normal ter medo. Se Deus permitiu isto, o que podemos aprender?  O primeiro passo para enfrentar qualquer crise é percebê-la.   Existem pessoas que se sentem incapazes, inferiorizadas. Muitas têm a depressão sorridente, onde a pessoa finge que está feliz, mas quando deita, sente a tristeza. Na realidade, a pessoa se fecha pois tem vergonha de reclamar. Temos os nossos problemas e aceitar que não somos perfeitos. É necessário se sentir acolhido. Muitas vezes as pessoas querem alguém para ouvir”.

Bispo Robson Rodovalho

“Me converti com 15 anos, tenho 50 anos de Ministério. Comecei a fazer discípulos com esta idade.  Bispa Lúcia, Ana, Cirino, Vânia – foram meus primeiros discípulos. O que mudou da igreja do passado com o presente foi que naquela época evangélicos eram apenas 2%. Precisávamos de ter um avivamento para trazer mudanças para Cristo. Queríamos mudar a essência da igreja. O importante é o conteúdo. Ninguém olhava o rótulo, pois tem que ter conteúdo e ter paixão – que vem de dentro. Como vai ser a igreja do futuro? Com toda tecnologia que a vida vai oferecer. Também creio que será uma igreja voltada para a piedade e verdade. Creio que hoje a igreja está voltando aos traços da igreja primitiva. Pois a essência era oração, célula de casa em casa, e reunião macro, no Templo,  como um todo. E a missão é levar o evangelho aos quatro cantos da Terra”, testificou.

Bispa Lúcia Rodovalho 

“ As pessoas ficam feridas na vida cristã por causa de expectativas irreais. A Igreja em chamas está incendiando o coração das pessoas da mesma forma que Jesus fez com os discípulos Dele. Deste modo, são os momentos difíceis que revelam os corações e a fé. Na quarentena, no lugar de buscar mais a Deus, muitas pessoas se trancam. Reanime-se!  Muito sofrimento que as pessoas passam não é por causa de Deus e sim por causa das escolhas delas. Elas não podem culpar ao Senhor. O sofrimento pela palavra de Deus molda o nosso caráter. São os desafios que nos fazem melhores. Se você não tiver a imagem correta de Deus, sua vida ministerial não vai para a frente. Faça esta pergunta: Quem é Deus para você? A Bíblia cita “ Não Temas” 365 vezes, pois o Senhor não quer que você tenha medo”

 

Voltar pra igrejas

Faça um comentário

X
Evento Teste