Faça sua doação

Culto de Conexão (26.01) – Pastora Ana Lia Clerot fala sobre viver além e não aquém

Área de Conteúdo

Culto de Conexão (26.01) – Pastora Ana Lia Clerot fala sobre viver além e não aquém

Culto de Conexão (26.01) – Pastora Ana Lia Clerot fala sobre viver além e não aquém

Culto de Conexao SedeVocê tem vivido da maneira que sonhou? Essa foi a indagação da pastora Ana Lia Clerot durante o Culto de Conexão na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, que contou ainda com o louvor de Hélio Borges e banda.

Sobre o tema que vem sendo trabalhado no Conexão “Sobre Viver”, a preletora observou que muitas pessoas, diante das dificuldades e tribulações do dia a dia, acabam sendo levadas pelas circunstâncias e com isso, apenas sobrevivem e não vivem o melhor que o Senhor tem reservado para cada um. “As pessoas não estão vivendo o que esperavam viver, vivem aquém e não além do que sonharam. Sobreviver é viver de maneira comum, onde a vida vai acontecendo, mas viver algo é projetar uma vida melhor, extraordinária”.

Tomando como referência a vida de Salomão, Ana Lia observou que ele deixou um legado maravilhoso, sendo assim um dos homens mais sábios da Bíblia, pois conquistava as pessoas com o que falava, sabia o verdadeiro sentido da vida, pois a compreendia como um todo. “Salomão ensina como viver uma vida plena e não apenas sobreviver e nós precisamos aprender a examinar a nossa vida e não existe um melhor tempo do que o começo do ano. Mas se não crermos que Deus é capaz de fazer milagres, não vai acontecer nada. Não é que Ele não está permitindo que a sua bênção chegue, mas não chegou o tempo para isso”.

Ao finalizar, deixou uma belíssima reflexão, a qual destacou dois mandamentos para se ter uma vida plena: confiar em Deus, apesar de todas as circunstâncias, aprender a semear e essa lei da semeadura que é importante, porque muitas vezes as pessoas retém o que não é seu e com isso, não multiplica. “Para ter uma vida plena é preciso ter fé, confiar em Deus e semear o amor d’Ele, semear tempo, bondade e a alegria. Essa é a diferença de quem sabe viver uma vida plena, de uma pessoa que sobrevive, porque ela valoriza cada momento da sua vida e assim recebe tudo o que semeou. Se Deus se preocupa com uma planta, você acha que Ele não vai se preocupar com nós? Nós somos a criatura mais preciosa para Ele e que Ele nos ama incondicionalmente”.

Confira fotos:

Crédito das fotos: Ronaldo Caldas

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress