Faça sua doação

Culto de Conexão (25.06) – Cantor Edvaldo Santos conta seu testemunho de fé e superação

Área de Conteúdo

Culto de Conexão (25.06) – Cantor Edvaldo Santos conta seu testemunho de fé e superação

Culto de Conexão (25.06) – Cantor Edvaldo Santos conta seu testemunho de fé e superação

O Culto de Conexão desta quinta-feira (25), foi mais que especial, pois recebeu a presença do cantor e compositor Edvaldo Santos.  Além de abrilhantar a noite com suas canções, ainda testemunhou as maravilhas que o Senhor fez em sua vida.

Edvaldo é natural de Passos (MG) e sua história é parecida com a de milhares de pessoas ao redor do Brasil. Passou fome, conviveu com o distanciamento e infidelidade do pai, vivenciou o drama e a devastação das drogas em sua vida e conheceu a responsabilidade de um homem, ainda criança, quando aos 9 anos de idade se viu na obrigação de trabalhar para ajudar no sustento do lar.

Sua história tinha tudo para ser um fracasso, mas a diferença é que ele teve uma mãe que mesmo diante das dificuldades, nunca deixou sua fé ser abalada e passou isso aos filhos. “Eu queria entender porque a minha mãe era tão feliz, mesmo diante das dificuldades”, lembra.

Edvaldo começou a trabalhar ainda quando criança como ajudante de pedreiro, ganhando R$10,00 por dia. “Quando não dava pra comprar linguiça eu e meu irmão mais velho comprávamos banana. Eu nunca tive vontade de ter um tênis ou uma roupa boa. A gente não tinha dinheiro para pagar a água, mas no outro mês era a luz que faltava”, lembra.

Edvaldo conta que as dificuldades que a família passou foi tanta que chegaram a ficar dois anos sem água e luz, com isso dependiam de favores de terceiros, passando a sobreviver unicamente do lixo. Ao atingir a maioridade, o jovem teve seu primeiro emprego de carteira assinada e com isso pôde ajudar ainda mais nas despesas da família. Ia aos cultos, cantava no grupo de louvores, mas uma inquietação em seu coração falou mais alto. Ele queria conhecer as coisas do mundo, como qualquer outro jovem. “Eu tinha uma revolta no coração e eu queria entender por quê eu não tive um pai”.

Foi então que decidiu experimentar novos ares e situações. Com convites de “amigos”, passou a sair para as festas, usar drogas, passou a beber e se prostituir. Chegava em casa sempre alcoolizado e com cheiro de cigarro. Sua mãe, por sua vez, sempre o aguardava acordada para recebê-lo.  Foi então que numa certa noite, tudo mudou. A mãe chorando com a camisa do filho nas mãos, pedia para que Deus mudasse a história de vida dele. “Minha mãe pedia para Deus me dar um coração igual ao d`Ele. Esse dia foi o grito de socorro dela”.

Edvaldo ficou inquieto diante da situação e pediu a Deus uma direção, foi então que compôs a canção: Dai-me um coração Segundo o Seu coração.  O jovem passou a procurar por ajuda para mostrá-las nas igrejas, mas sempre recebia um não como resposta. “Na minha cabeça vinha: muda de vida, muda de vida. E eu não sabia se era para experimentar alguma droga, mas peguei meu viloão velho e criei uma música. Eu queria mudar de vida”.

E sua vida mudou, não foi do dia para noite, mas Deus permitiu que o cantor Thalles Roberto conhecesse sua canção. Naquela época nada foi feito, mas Thalles prometeu que assim que mudasse de vida, ajudaria de alguma forma Edvaldo. E ele esperou e após 6 anos teve um encontro com Thalles Roberto, chegando inclusive a fazer uma participação em seu DVD. “Fiquei 6 anos fazendo cultos ao ar livre, as pessoas batiam a porta na minha cara, mas eu não desisti do sonho, pois eu esperei em Deus”.

Após esse momento, a música de Edvaldo estourou e ele passou a ser conhecido no país. De uma forma humilde, mas convicta dos propósitos que Deus ainda tem para fazer em sua vida disse: “Se não fosse pela intercessão da minha mãe, eu não sei o que seria. Deus me livrou, me libertou das bebidas, das drogas da prostituição. Eu achei que nunca fosse casar e Deus me deu uma família, já fui até a Angola. Deus abriu as portas e não é para mim, mas para o ministério d`Ele. Deus é sustento e ainda sonho em levar a Palavra do Senhor”.

Confira fotos

Fotógrafo: Willy de Souza


 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress