Faça sua doação

Culto de Conexão (21.09) Bispa Laura Dal Bello fala como superar os furacões da vida

Área de Conteúdo

Culto de Conexão (21.09) Bispa Laura Dal Bello fala como superar os furacões da vida

Culto de Conexão (21.09) Bispa Laura Dal Bello fala como superar os furacões da vida

O mundo tem presenciado nos últimos dias diversos desastres ambientais com furacões, terremotos, que vêm alastrando e acabando com tudo por onde passam, mas os furacões individuais, que passam na vida das pessoas como as dívidas, o desemprego, a morte, a traição, também podem ser devastadoras. Foi com essa  observação que a bispa Laura Dal Bello, ministrou na noite desta quinta-feira, 21, no Culto de Conexão da Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília.
“O furacão é algo muito devastador eu já passei e sei que já passou na sua vida também e quando ele acontece na nossa alma ele vai além de um dia mal, é muito mais sério, atinge o nosso interior de forma inexplicável e quando passa deixa marcas difíceis de apagar, mas a boa notícia é que eles passam”, observou.
Fazendo um paralelo com os desastres naturais, Laura Dal Bello observou ainda que quando eles passam pelos países, pelas cidades, aos poucos as pessoas conseguem se reerguer, mas mesmo assim, nunca mais serão as mesmas e assim é com a vida. “Mesmo que a gente se reconstrua, nós nunca mais somos os mesmos depois de um furacão, a gente muda, porque os furacões trazem mudanças em nossas vidas, mas para vivermos o que Deus para nós, nós precisamos reconstruir  os estragos, as sequelas”.
Como exemplo de pessoa que mais sofreu as consequências de um furacão citado na Bíblia, a preletora destacou Jó, um homem abençoado por Deus, rico, pleno, mas em um único dia perdeu todos os seus bens e todos os dias morreram, ficou enfermo, e diante disso questionou muito a Deus e desejou a própria morte. “Jó foi um homem íntegro, mas mesmo assim sofreu com os furacões e nós também somos assim, questionamos a Deus e muitas vezes ficamos sem respostas. Mas Deus respondeu a Jó no meio de um furacão, do sofrimento de Jó, o fazendo várias perguntas, que Jó não tinha respostas e acredito que naquele momento Deus tinha o objetivo fazer Jó dobrar os joelhos, porque ele queria ensinar o rei a reinar. E quando nós questionamos a Deus, nós queremos ensinar Deus a governar as nossas vidas, como Ele deve fazer com a gente, mas o que Deus quer que você entenda é que Ele é onipotente na sua vida. Ele sabe de todas as coisas e conduz todas as coisas, nada acontece na sua vida sem a permissão Dele”.
Confira fotos:

Crédito das fotos: Ronaldo Caldas

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress