Faça sua doação

Culto de Conexão (13.07) Raphael Assunção fala sobre a infelicidade

Área de Conteúdo

Culto de Conexão (13.07) Raphael Assunção fala sobre a infelicidade

Culto de Conexão (13.07) Raphael Assunção fala sobre a infelicidade

Muitas pessoas não percebem, mas a infelicidade é um dos grandes inimigos da alma. “Muitas vezes até percebemos, mas não sabemos o que fazer”, observou bispo Raphael Assunção, durante o Conexão desta quinta-feira (13), na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília.
Para dar embasamento ao tema “Infelicidade”, o preletor destacou a passagem Bíblica do livro de  Eclesiastes 2:24 e diante da leitura indagou os presentes: “Você é feliz? O que define a felicidade no seu interior? A gente vive em um ambiente onde muito se fala na felicidade, muito se impõe, mas muito do que vemos por aí não tem nada a ver com o que Deus pensa, aquilo que Deus coloca em nossos corações sobre a felicidade. Muita gente corre atrás do dinheiro, achando que ali está a felicidade”.
De forma enfática, Raphael observou ainda que a tristeza é algo que passa, já a infelicidade é aquilo que permanece. “A tristeza tem um tempo para as pessoas se recuperarem, porque ficar triste e chateado faz parte, é inevitável, mas o problema é manter-se triste, porque assim você se mantém infeliz”.
Destacou ainda que momentos de aflições, momentos complicados todos passam ou vão passar em algum momento da vida, mas a infelicidade não foi feita para os filhos de Deus. “Você não nasceu para ser infeliz em nenhuma área da sua vida, porque a Palavra de Deus diz que aonde você tocar a palma da mão, ali vai prosperar. A prosperidade é a plenitude, e quando ela se manifesta a felicidade vem aos nossos corações”.
Raphael disse ainda que a humanidade tem buscado cada vez mais a felicidade, entretanto,  alguns atos não permitem que isso aconteça, mas para que as pessoas sejam felizes, elas precisam estar debaixo da unção, que é estar debaixo da Palavra de Deus. “A felicidade está muito mais ligada ao entendimento, do que ao sentimento. Pessoas buscam sensações, mas Deus libera entendimento. O coração do homem é raso, mas a sabedoria, a glória de Deus é profunda e quanto mais você se relacionar com Deus, mais você aprofunda o entendimento e assim tem mais felicidade. Toda vez que você estende a mão, Deus estende a mão para você e toda vez que você vai em direção à sua felicidade é Deus quem está te conduzindo. Às vezes você acha que não pode ser feliz, porque na sua família ninguém é feliz, não siga o exemplo dela. Não fique esbanjando a felicidade diante das pessoas, mas olhe para o espelho e se veja feliz, porque o Deus que você serve é contigo e o propósito Dele é te fazer feliz “.
Confira fotos:

Crédito das fotos: Ronaldo Caldas

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress