Faça sua doação

Culto de Conexão (08.06)Lia Clerot aborda a insegurança como um dos inimigos interiores

Área de Conteúdo

Culto de Conexão (08.06)Lia Clerot aborda a insegurança como um dos inimigos interiores

Culto de Conexão (08.06)Lia Clerot aborda a insegurança como um dos inimigos interiores

Você sabia que muitas pessoas sofrem com a insegurança? Ela também pode estar em diversas áreas da vida como a pessoal, no trabalho e no próprio ministério. Essa foi a observação feita pela pastora Ana Lia Clerot na noite desta quinta-feira, 08 de junho, durante o Culto de Conexão da Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília.
Em sua ministração, Ana Lia citou pontos práticos para gerar a autoconfiança, como por exemplo, acreditando em si. “Deus não colocou nenhuma característica em nós que Ele não saiba o motivo. Às vezes a gente não entende, mas Deus tem um propósito”.
Observou ainda que pessoas que tem uma autoconfiança bem desenvolvida, são pessoas que conseguem manter relacionamento duráveis, saudáveis, porque elas têm certezas de quem são e das suas características. “Quantos de vocês já pararam para imaginar se um surfista tem insegurança? O medo existe, mas não o paralisa, porque ele confia nas suas habilidades, no conhecimento que tem. Mas às vezes, nós deixamos a insegurança tomar a frente, e com isso não conseguimos avançar, por conta das dúvidas das vozes interiores e quando damos razão a essas vozes, toda segurança desmorona”.
Destacou que as pessoas precisam começar a pensar como a segurança pode gerar algo positivo em suas vidas. A confiança em si mesmo atrelada à confiança em Deus que ajuda a superar todos os obstáculos. Gideão foi utilizado pela preletora como exemplo de homem que quando Israel estava tomada, recebeu uma palavra de Deus. Teve insegurança, medo, mas confiou no Senhor. O livro de Juízes 6:7-23 deu embasamento ao tema.
“Todas às vezes que você quiser algo novo, uma mudança, você vai precisar confiar em Deus. Se Deus te deu e deixou viver aquela situação, é porque Ele tem algo naquela situação. Gideão se achava o menor da família, fraco, não tinha condições de fazer algo, mas Deus tinha visto o seu coração. Deus também confia em você, no seu potencial. Não deixe a insegurança falar mais alto, o medo tomar a sua vida. Faz parte ter medo, mas devemos crer que Deus está em nossas vidas todo o tempo”, enfatizou.
Confira fotos:

Crédito das fotos: Ronaldo Caldas
 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress