Faça sua doação

Culto de Conexão (05.11) – Pastor Luciano Sá destaca que Deus quer uma geração de comprometidos

Área de Conteúdo

Culto de Conexão (05.11) – Pastor Luciano Sá destaca que Deus quer uma geração de comprometidos

Culto de Conexão (05.11) – Pastor Luciano Sá destaca que Deus quer uma geração de comprometidos

cultodeconexaoMuitas pessoas pensam que viver o céu na terra é algo impossível e que ter uma relação de intimidade com o Senhor é algo distante, mas durante a pregação no Culto de Conexão na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, o Pastor Luciano Sá citou algumas características que mostram que é possível sim, vivenciar as maravilhas que o Senhor deixou aos seus filhos ainda na terra.

Para explicar esse entendimento destacou que “o projeto inicial de Deus não era que a terra subisse ao céu, mas que o céu descesse à terra”.  ” Hoje podemos ser felizes aqui porque temos o Espírito Santo do Senhor”.

Durante a ministração, o preletor citou algumas passagens bíblicas, entre elas os capítulos 1, 3 e 11 do livro de Gênesis, João 3:1-6, Romanos 8:5 e Mateus 5:13. Entre uma leitura e outra, pastor Luciano enfatizou sobre a geração de Babel, que eram pessoas movidas a tocar o céu para serem famosos ou se fazerem vistos. “Tocar significa sedução, estar envolvido, mas a sedução passa. Deus não quer uma geração de envolvidos, mas sim de comprometidos. Comprometimento quer dizer estar disposto a riscos”, disse.

Diante disso, indagou os presentes quanto ao nível de comprometimento que tinham com Deus, se era apenas de ouvir a Palavra, o louvor ou mesmo participar de alguns cultos na igreja. “Precisamos ter comprometimento com a Palavra de Deus, para que possamos viver as coisas do céu na terra. Em Colossenses, o apóstolo Paulo fala que precisamos deixar mais estreito a relação entre a fé e a prática. Pare de só ouvir a Palavra e passa a prática-la no seu dia a dia”.

Para finalizar, destacou que Deus procura uma geração que queira ser guiada pelo Espírito Santo, que não falarão muito para serem ouvidos, pois as pessoas verão as obras do Senhor se materializando em suas vidas. “Nós temos o maior exemplo de um homem que viveu o céu na terra: Jesus!. Ele conseguiu traduzir o céu na terra. Ele amou quem não o amava, Ele perdoou, era humilde. Nós precisamos morrer na carne para viver no Espírito Santo. A carne nos impossibilita de viver uma relação com Deus, mas a oração nos aproxima de Deus, um privilegio que encurta o caminho entre o céu e a terra”, disse.

Confira fotos 


Fotos: Ronaldo Caldas

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress