Faça sua doação

Culto da Fé: Aprenda a viver em plenitude e semeadura

Área de Conteúdo

Culto da Fé: Aprenda a viver em plenitude e semeadura

Culto da Fé: Aprenda a viver em plenitude e semeadura

No Culto da Fé, desta terça-feira (13), na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, a Bispa Ana Célia, com base no livro de ‘Gênesis 14: 18-23’, ministrou sobre a plenitude e semeadura do universo. “De acordo com o contexto bíblico, os servos de Ló começaram a contender com Abrão. E eles decidiram ir para um lado e para o outro. E deste modo, Abraão era convertido e tinha homens que foram treinados na casa dele. Quando sabemos a semente que plantamos, compreendemos que temos um Deus que é do ouro e da prata. E na época, Abrão, deu o dízimo de tudo que tinha. Quando não retemos o que é do Senhor, somos abençoados. E ali foi instituída a Lei da Semeadura. Naquele momento, naquele lugar”, afirmou.
Ainda na palavra, a preletora alertou que Deus não se deixa escarnecer. “Quero falar com vocês de leis que regem a Lei da Semeadura. Tudo que você semeia, vai colher. Atos e palavras. Tenha cuidado até com o que você pensa. Somente colhemos aquilo que plantamos. Portanto, cuidado com seus atos e palavras. Jesus não manda amar as pessoas boas, pois é fácil. Você acha que não tenho dificuldades com as pessoas? É claro que tenho. Desse jeito, devemos pedir a Deus para nos mudar, para que possamos amar a todos”, completou.
Na sequência, Ana Célia ressaltou que as pessoas colhem apenas aquilo que plantam. “Muitas vezes, deixamos de semear por deixarmos de olhar as adversidades. E a palavra diz que ao semear no Espírito, colhemos a vida eterna. A quem você está dando ouvido? Somente quem não tem compromisso com a casa do Senhor é que retém a semente. No entanto, quem não tem aliança ouve a serpente. Diante disto, quando alguém vier fazer fofoca ou falar mal de alguém, não empreste seus ouvidos ao mal. Não seja manipulado”, ponderou.
Por fim, Lira acrescentou que a colheita é proporcional ao plantio. “Vamos colher se perseverarmos até o fim. Não coma as suas sementes. A lei da semeadura nos ajuda a entender o porquê de muitas coisas que não acontecem. Persista, comece e termine. Quais são suas semeaduras? Tenha fé para colher. Então hoje é o dia de você se arrepender pelas sementes que não têm sido boas. O universo hoje vai responder a sua oração. Eu quero profetizar para que as águas se movam”, concluiu.

Semeadura

Sara Fotos

Confira as fotos de Gabriel Brandão:

Sara Fotos

Confira fotos de Gabriel Brandão:

 

 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress