Faça sua doação

Congresso de Casais em Brasília reúne milhares de pessoas na sede da SNT

Área de Conteúdo

Congresso de Casais em Brasília reúne milhares de pessoas na sede da SNT

Congresso de Casais em Brasília reúne milhares de pessoas na sede da SNT

Congresso de casais-34Na manhã deste sábado, 6, milhares de pessoas se reuniram na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, para o Congresso de Casais. Com um intenso momento de oração e louvor, os Bispo Lucas e Priscila Cunha e a banda Arena Louvor deram início a programação do evento.

A primeira Palavra da manhã foi conduzida pelo pastor Cláudio Duarte que enfatizou que pode parecer difícil viver a dois, mas é possível. Baseado no Salmo 128, afirmou que não existe problema no casamento, mas que as pessoas que o compõem é que possuem problemas. “O casamento não é uma instituição falida. As pessoas é que não se resolveram e não se encontraram antes de casar e agora caminham em uma linha de mediocridade, arranjando problemas com coisas pequenas”, disse.

Segundo pastor Cláudio, todo ser humano saudável busca a felicidade, mas se engana quem busca essa felicidade no casamento. “Para ser feliz é preciso temer a Deus e trilhar os caminhos d’Ele. Encontre a felicidade no Deus que você serve. Se voce não for feliz por si mesmo, não será feliz ao lado do seu cônjuge. Se você aprender a dizer eu me amo, você saberá dizer eu te amo. É importante ter saúde, família para cuidar e uma pessoa para amar. Ficar velho é obrigatório, mas amadurecer é opcional”, afirma.

Na segunda ministração, Bispo Robson Rodovalho falou baseado no livro Bíblico de Gênesis 2:18 sobre o propósito de Deus para a família. “O seu casamento não é cruz e não é tortura. Não arraste conflitos, faça da sua casa o melhor do seu dia. Amor, sexo e filhos formam a alegria do lar. Quando Deus pensou na felicidade do homem e da mulher, Ele colocou um para o outro. Não deixe que a mídia polua os seus olhos e desvirtue teu matrimônio”.

Bispo Robson completou a pregação exaltando aos presentes sobre as artimanhas do inimigo. “Tire dos seus olhos a ilusão e não se deixe levar pelas setas inflamadas do maligno. O inimigo quer apenas mudar a maneira como você vê o seu esposo, a sua esposa e as consequências te levarão a dor. Seja o marido que sua mulher merece, seja a mulher que o seu marido merece. Você não tem que buscar afetividade em coisas externas, porque tudo o que você precisa está na sua casa, no seu cônjuge. A família é um projeto de autoridade e homem e mulher que oram juntos, prevalecem sempre”.

Para finalizar o Congresso de Casais, pastor Cláudio Duarte trouxe a terceira Palavra baseada na passagem Bíblica de Gênesis 2:25 e afirmou que na ótica de Deus o homem foi criado para viver em um paraíso, com um relacionamento sem máscaras. “O casal precisa falar de seus medos um para o outro. Hoje a sociedade tornou-se um baile de máscaras, onde as pessoas se escondem uma das outras”, afirma.

“Abra o seu coração para o seu esposo, para sua esposa e você terá êxito. A mulher não é o sexo frágil, esqueça isso e acredite no auxílio da sua esposa, pois ela é uma potência. Tenha uma boa comunicação no seu relacionamento, porque a comunicação bem feita consegue transmitir bem o que o outro esta sentindo. Durante as conversas seja claro, não fale quando estiver nervoso e não seja irônico”, concluiu.

Testemunho:

Congresso de casais-44
“Participamos da Sara Nossa Terra e somos casados há dois anos. Esse é o nosso terceiro Congresso de Casais e aqui, dentro da igreja, a nossa união foi verdadeiramente criada, pois nós ja viviamos juntos e até decidirmos viver o matrimônio. Esse ano os nossos pastores nos motivaram a vir e colocamos esse congresso como um investimento para Deus e para o nosso relacionamento, porque acreditamos que Ele é a base de tudo o que temos. Além de levarmos para casa a experiência dos preletores, vamos nos fortalecer. Por meio das Palavras compreendemos muitas coisas, mas principalmente, sobre as diferenças entre homem e mulher”, contam o casal Guilherme Cardoso Borges e Bruna Patric de Bilbão.

“Entendemos que o Congresso de Casais seria muito bom para o nosso casamentoCongresso de casais-43 e realmente vivenciamos isso por meio das ministrações. Aprendemos que a felicidade é algo individual e se reflete no coletivo. Entendemos que precisamos amar a nós primeiro e depois ao outro.  Foi possível saber que o casamento tem o propósito da multiplicação e queremos passar isso para os nossos filhos, que a união familiar reflete em uma sociedade mais justa. Levaremos todas as Palavras para o nosso casamento e faremos delas um fundamento para o nosso relacionamento, que já tem três anos”, contam o casal Filipe Lima e Fernanda Bezerra Alves de Lima.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress