Faça sua doação

Celebração Internacional no Campus Arena tem pregação dos bispos Rodovalho, Lucas e Priscila Cunha

Área de Conteúdo

Celebração Internacional no Campus Arena tem pregação dos bispos Rodovalho, Lucas e Priscila Cunha

Celebração Internacional no Campus Arena tem pregação dos bispos Rodovalho, Lucas e Priscila Cunha

Uma manhã de frio, mas de corações calorosos por Deus. Foi assim que a multidão que compareceu ao Campus Arena, em Brasília nesta quinta-feira, 06 esteve a todo momento. A banda Arena Louvor foi a responsável por animar a galera, antes das ministrações do dia.
Bispa Priscila Cunha por sua vez abriu a série de palavras falando sobre o “Altar Sou Eu”. Em sua abordagem, observou que no passado o altar era lugar de sacrifício, ofertas. Abraão foi um exemplo disso, que sacrificou o seu filho no altar. Nos dias de hoje, o altar são as pessoa que estão conectadas a Deus. “Não temos mais importância do que o altar, mas precisamos estar cheios de Deus como o altar, para que as pessoas possam estar com Deus. Nós temos uma missão, que é pregar. Pregamos o tempo todo, e assim levamos a Palavra de Deus às pessoas, por isso devemos sermos luz na vida das pessoas. Mas para pregarmos  precisamos estar limpos, não podemos ter impurezas.Você vai ser luz ou vai ser trevas? O cristão verdadeiro precisa invocar a Deus, e aquele altar precisa estar limpo, para que a presença de Deus te toque, te leve a alcançar lugares altos. Seja o altar de Deus verdadeiro e quando sair a palavra da sua boca vai tocar uma geração.”.
Bispo Rodovalho seguiu o cronograma das palavras e falou sobre os sinais espirituais, onde a todo instante o Senhor e o inimigo se manifestam, mas e preciso discernir tudo isso, pois nem sempre as pessoas colhem o trigo, mas também o joio. “Deus faz tudo bem, perfeito, Ele cura, transformada, mas não vai ficar só nesse quadro, porque o joio vai aparecer na mente, no coração dividindo as pessoas. Entenda que você não vai ficar apenas numa seara de trigo, tem joio, mas não se escandalize. Nós estamos preparados para ser a boa semente, mas não pare porque o joio apareceu na sua vida, ele apareceu para te fazer mais perceptível, para afinar as suas percepções. Enxergue o joio, tenha percepção que o inimigo semeia o joio e esteja preparado. Tenha discernimento do mundo espiritual porque se você tiver discernimento dos sinais de Deus você vai longe. Os sinais começam pelo reconhecimento”, disse.
Bispo Lucas completou as palavras da manhã destacando que aquele que trabalha, que faz o seu melhor, com ele será repartido o pão, mas a procrastinação muitas vezes rouba isso, deixando as pessoas acomodadas e resolvendo tudo em última hora. “Eu quero mudança no meu casamento, na minha vida, porque em Deus as coisas sempre podem ser melhor, mas para isso é preciso colocar a mão no arado, correr atrás. Se você não correr atrás, você vai estar sempre debaixo da necessidade e não tem coisa pior. Está na nossa cultura procrastinar, temos a mania de deixar tudo para última hora, mas a Palavra de Deus diz que o servo infiel tudo lhe será tirado, já o servo fiel lhe será dado sempre mais e eu creio que nós podemos sair daqui transformados, basta mudarmos alguns  mudar alguns hábitos. Entenda que quem quer emprego quer oportunidade, quem quer trabalho vive na reclamação. Quem quer crescer tem amor por conflitos, por problemas, porque com eles vêm a solução. Quem falha em planejar, planeja falhar”.
A programação segue, também, no período da tarde e noite desta quinta-feira, 06, com ministrações, muita música e o mover de Deus.
 

 Confira fotos:
Crédito das fotos: Eduardo Lauton
Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress