Faça sua doação

Celebração de Inverno no Arena Hall começa em ritmo de festa com momentos de louvor e fortes pregações

Área de Conteúdo

Celebração de Inverno no Arena Hall começa em ritmo de festa com momentos de louvor e fortes pregações

Celebração de Inverno no Arena Hall começa em ritmo de festa com momentos de louvor e fortes pregações

montagemEm clima de festa teve início na manhã desta quinta-feira 09, o segundo dia da Celebração de Inverno 2015. A programação no Ginásio Arena Hall teve início às 9h da manhã já com música da banda Arena Louvor. O que agradou as amigas Pâmella Alves e Andressa Raiane que cantavam, em coro, todas as canções.  “Essa banda é muito boa, nos coloca para cima, é a cara da Celebração!”, disse Andressa.

O primeiro direcionamento da manhã foi proferido pela Bispa Priscila Cunha sobre como ser um líder de sucesso. Como exemplo, utilizou entre algumas passagens Bíblicas o livro de Mateus 28:18. “Jesus nos deixou um legado e veio para que eu e você cumpramos o nosso chamado§”, disse.

Observou que existem diversos tipos de discípulos, mas o que dá resultados é o boi, porque ele suporta arar a terra, é fiel, submisso e obediente. Já as ovelhas não conseguem fracionar a multiplicação, são submissas. As cabras por sua vez, são discípulos que são meros membros que entram para somar, mas não querem ser multiplicadores. “Você precisa de todos para o sucesso da sua equipe, mas antes de querer ter um boi, você precisa ser um. Se você não for um boi, você não vai ter um boi, é a lei da vida. Ainda que tenhamos cabras e ovelhas, sem os bois o celeiro fica vazio. A arte da liderança é fazer pessoas diferentes cumprirem a mesma missão”, enfatizou.

Em seguida, o presidente do ministério Sara Nossa Terra, Bispo Robson Rodovalho tomou a palavra e saudou a multidão com palavras de fé e muita unção com o tema “Quebrando as Resistências”. Para a explanação, citou fatores que deram legalidade para o inimigo crescer, como os pretextos, a falta de discernimento do tempo de Deus e uma teologia errada. “Essa palavra sem dúvidas é muito interessante porque a gente passa a entender o que é preciso para crescer. Ás vezes temos que passar por pressão e elas são necessárias para entender os nossos discípulos e crescermos juntos”, destacou a jovem Larissa Assunção, de Samambaia Norte.

Utilizando a Bíblia com a ordem cronológica, lançada pela Sara Brasil, Bispo Rodovalho fez uma breve explanação, passando pelo Livros de Zacarias 3, Esdras 4 e Ageu 2.  “Cuida do seu chamado, da sua equipe, das suas células e o resto Deus cuida para você. Quando entramos na vontade de Deus o Senhor faz a sua obra. Nenhum projeto que Deus coloca nas nossas mãos fica pela metade. Tenha persistência, resiliência, não olhe para as ameças do inimigo, não acredite que você não vai terminar a obra. Transforme suas montanhas em planícies”.

A última palavra ministrada pela manhã foi feita pelo Bispo Lucas Cunha, que falou sobre a importância da família na construção de líder de sucesso. Compartilhou que em sua família vivenciou algumas tribulações, assim como várias pessoas, entre elas, o rei Davi. Utilizando o livro de 1 Samuel 16, destacou que não tem dúvidas que Davi amou seu pai, pois o verdadeiro amor não está em amar do jeito que se quer, mas aceitar as pessoas. “Quando Davi enfrentou o gigante, ele venceu porque Deus o treinou diante da rejeição. Ele tinha tudo para não ser ninguém, foi rejeitado por todos, mas foi um diferencial”.

Finalizando esse momento de muito conhecimento profético, destacou que o problema das pessoas com Deus é porque querem entender o propósito, mas ele não foi feito para ser entendido e sim vivenciado. “As vezes queremos explicações na nossa liderança, mas é algo que você precisa viver.  A sociedade quer nos tornar pessoas que precisam de explicações, mas quem tem fé não precisa de explicação, mas de direção. Se tenho fé eu vou vencer e vou chegar aonde tenho que chegar. Muitas palavras que você recebeu, que achou que foi maldição, foi para o seu crescimento. Não existe um pai que não queira que seu filho cresça”, disse.

Todas as palavras sem dúvidas foram edificantes, como pôde testemunhar Eduardo de Azevedo, da Sara Nossa Terra, de Taguatinga Norte. “Todas foram top! A palavra da Bispa Priscila sobre liderança nos faz ter uma visão mais abrangente. Como eu posso pegar a característica do boi e levar para minha vida, minha liderança”.

 Confira fotos:
Fotógrafo: Willy de Souza e Maria Julia de Souza

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress