Faça sua doação

Bruno Borges conta como Deus transformou a sua história

Área de Conteúdo

Bruno Borges conta como Deus transformou a sua história

Bruno Borges conta como Deus transformou a sua história

Foto Bruno e GraciNascido no interior de Minas Gerais, na cidade de Poços de Caldas, o jovem Bruno Borges, 27 anos, foi criado em uma família evangélica, com base na igreja Metodista. Contudo, com o seu crescimento, e com a influência de amigos e das coisas do mundo, começou a tirar seus olhos das coisas de Deus e passou a se envolver com as coisas do mundo.”Nunca cheguei a usar drogas, mas me envolvi com bebidas e prostituição desde minha adolescência. E minha vida começou a ruir. Em razão do meu distanciamento de Deus o meu interior se destruiu. Não sabia como agir diante das situações da vida e acabei tendo que administrar tudo do meu jeito. Não tinha esperança”, conta Bruno.O jovem sentia-se sozinho diante de tudo, não tinha o amparo que precisava de grande parte de sua família. “Éramos vários cegos tentando caminhar, mas batendo uns nos outros e nos nossos problemas”, relembra.
Assim, ele nunca soube tratar muito bem as pessoas, lidar com situações difíceis, e, principalmente, cuidar de si mesmo. O prejuízo psicológico e emocional que teve foi muito grande. Tornou-se uma pessoa extremamente agressiva, desrespeitosa e má.
“Como reflexo do meu interior, as áreas da minha vida nunca iam bem. Não conseguia me relacionar amorosamente, com meus familiares, estudar de uma forma produtiva e ter os resultados que queria. O cenário ruim em minha vida, na verdade, só espelhava o que tinha por dentro: solidão, falta de esperança. Eu era uma pessoa que sobrevivia. Com as minhas forças, tentava ser feliz, mas nunca consegui”, disse. Sempre muito racional, não conseguia acreditar muito em Deus.
Bruno achava que se Deus existisse, não conseguiria segui-Lo, pois seria muito difícil largar o que vivia. Mas, já estava cansado de tudo o que estava vivendo e começou a se lembrar do Deus que sua família tanto lhe falou. Nessa época, ele frequentava uma célula perto de sua casa, e chegou a ter experiências com Deus lá também, mas a influência mundana era muito forte, pois estava no final de sua adolescência, e não conseguia resistir. Então continuou longe de Deus.
“Até que um dia, pelo convite de minha mãe, decidi ir a uma igreja e ouvi uma pregação que parecia que era pra mim. O que saia do altar fazia sentido, se encaixava perfeitamente no que precisava, e foi quando descobri que Deus realmente existia. Tive um encontro impactante com o Senhor e tive várias experiências em que Ele mostrou que realmente existia e estava ali para me ajudar. Fiquei tão grato que entreguei minha vida completamente, sem qualquer limite”, conta.
Toda aquela angústia, tristeza, passou. Bruno descobriu várias coisas na Palavra de Deus que lhe explicavam porque sentia aquilo tudo. Conheceu o Arena Jovem e gostou muito. “Achei demais o sistema da visão celular, da unidade entre o pessoal, e queria viver aquilo. Nesse período, conheci Graciele, que hoje é minha esposa, e que era da SNT. Ficamos assim: eu era de outra igreja, e ela da Sara. Tempos depois nos casamos, oramos e decidimos ter nosso ministério na Sara Nossa Terra, onde estamos até hoje, e muito, muito felizes”,afirma.
Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress