Faça sua doação

Brenda Cristina venceu a timidez e as brigas familiares por amor a Cristo

Área de Conteúdo

Brenda Cristina venceu a timidez e as brigas familiares por amor a Cristo

Brenda Cristina venceu a timidez e as brigas familiares por amor a Cristo

brendaBrenda Cristina Rocha se converteu aos 13 anos, mas vinha de uma casa desestruturada, onde os pais brigavam muito e o pai traía a mãe, além de obrigar os filhos a frequentarem bares para comprar bebida alcoólica para ele. “Meu pai nos espancava muito e ele não tinha amor e afeto pelos filhos. Ele tinha uma vida totalmente destruída, que acabou passando para a minha mãe e fazendo com que ela também não tivesse amor por nós”, conta. Sua mãe também apanhava do marido.

Na adolescência ela gostava de frequentar a igreja, sempre foi uma menina muito tímida, não frequentava festas e não sentia prazer em estar no mundo. Sentia-se retraída pela situação que vivia com seus pais e espelhava tudo aquilo no seu cotidiano. Um dia, uma menina da rua em que morava a convidou para conhecer a Sara Nossa Terra e logo Brenda começou a conquistar almas para Cristo. Conheceu também  uma célula, começou a participar do Arena Jovem e ali afirma ter verdadeiramente ter se convertido.

“A partir dali minha vida começou a ser transformada. Eu fiz o Revisão de Vidas e um mês depois descobri que minha mãe estava com um câncer terminal. Apesar de todo o sofrimento causado, meu pai acabou sendo a minha base mesmo tendo se separado da minha mãe”, lembra. A jovem precisou cuidar dos dois irmãos e cuidar da casa mesmo sem a presença do pai no lar e com a mãe hospitalizada.

Brenda começou a se questionar e a questionar a Deus. Em uma noite, durante a oração ela clamou ao Senhor e disse que permaneceria, sem desistir, ainda que sem entender. Hoje, ela está há oito anos na SNT Parnamirim, no Rio Grande do Norte e a timidez que antes fazia parte de sua vida acabou. Agora ela faz parte do ministério de dança, já pregou no Revisão de Vidas, foi professora do Instituto de Vencedores e é líder de célula. “Vivo em santidade e espero em Deus. Acredito que realmente posso esperar uma vida sem me envolver com o mundo.Minha prioridade está em servir a Deus”, diz. 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress