QUEIRA, TAMBÉM, VER O OUTRO PRÓSPERO – Sara Nossa Terra Doe agora

QUEIRA, TAMBÉM, VER O OUTRO PRÓSPERO

Na oração do Pai Nosso Jesus nos traz uma dupla figura. Quando Ele nos fala dívidas, devedores, são coisas complicadas que fazem a gente tropeçar. Quando você entre em dívidas, em saldo devedor, você está entrando em uma relação tumultuada, de expectativas, de direitos, frustrações. Mas nesse contexto, Jesus conecta o conceito de dívida e devedores e a vida é assim: a gente na vida sempre deve e sempre tem alguém que deve pra gente.

O Brasil, por exemplo, é um país singular, onde é raro você não encontrar alguém que não seja patrão de alguém ou que não tenha pelo menos um funcionário, mas ao mesmo tempo, ele é funcionário de alguém. Ou seja, quase todo mundo no Brasil é patrão, mas também é funcionário e isso é típico do brasileiro.

A gente nunca é só uma coisa, a gente é uma coisa aqui, mas também é uma coisa ali. Alguém te deve e você deve pra alguém. E isso não é fácil, porque a natureza do ser humano é ganhar. Ele quer ganhar quando é funcionário, mas também quer ganhar quando é patrão.

E logo em seguida Jesus fala um conceito interessante: “E não nos deixe cair em tentação…”

É interessante Jesus falar na oração para Deus não nos deixar cair em tentação, quando Ele fala em dívidas e devedores, quando Ele fala sobre perdão, porque é fácil falar em tentação para não perdoar. É fácil cair em tentação para jogar a culpa só no outro.

É muito fácil cair na tentação de querer tudo só pra si. É muito fácil pensar no seu lado e não pensar no outro. A bênção de Deus está na sua vida para aquilo que é seu. Tem uma herança suficiente para você e Deus vai aumentar essa herança quanto mais você entender o que é seu e o que é do outro. Viva feliz com o que Deus lhe deu e abençoe, seja feliz com o que o outro conseguiu. Queira ver o outro grande, próspero.

Voltar pra igrejas

Faça um comentário

X
Evento Teste