Faça sua doação

Princípios: Quais são necessários para construir um futuro de sucesso?

Área de Conteúdo

Princípios: Quais são necessários para construir um futuro de sucesso?

Princípios: Quais são necessários para construir um futuro de sucesso?

Vencer as lembranças dos conflitos e dos maus tratos que sofremos e as batalhas travadas em casa, na família e na vida, nos forjou para sermos vencedores. É na família que Deus nos molda para enfrentarmos a vida e os desafios desconhecidos. Deus usou nossa família, nossa casa, nossos pais e irmãos para nos lapidar e assim nos preparar para enfrentar as grandes situações que virão em nossas vidas.

Para semearmos um futuro de sucesso e de felicidade precisamos acertar nosso passado perdoando aos outros e a nós mesmos. Os princípios para construirmos esse futuro de sucesso e felicidade são:

1-Perdoar-se;

2-Perdoar aos outros;

3-Vencer as lembranças dos conflitos e maus tratos que sofremos.

Normalmente trazemos em nossa história de vida mágoas dos irmãos e dos pais, da maneira como nos tratavam, da ausência, da excessiva disciplina, dos conflitos, enfim, e mantemos essas mágoas vivas dentro de nós até hoje.

Muitas vezes não podemos imaginar e muito menos entender o porquê de Deus, em sua soberania e infinita sabedoria, tenha permitido aquelas situações. Deus não endossou o erro dos nossos pais, que com certeza fizeram o seu melhor. Ele usou aquelas situações para nos calejar para o futuro que iríamos enfrentar.

Só seremos totalmente livres para voar com as asas de nossa missão de vida quando as falhas emocionais de nossas famílias forem completamente resolvidas dentro de nós. As pessoas só estarão livres para alcançar suas identidades quando o eco de suas casas quer sejam erros ou não, não mais ressoarem dentro de seus corações por já estarem resolvidos. Enquanto lutarmos com esses erros e eles ecoarem dentro de nós, não somos donos da plenitude da missão que Deus criou para nós; ainda estamos “vivendo o ninho”, ainda temos uma corda afetiva nos prendendo à família.

Porém, no momento que resolvermos e encerrarmos esses ecos, aceitando os erros e decisões da família, então estaremos livres para seguir em frente na missão que Deus nos reservou.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress