Doe agora

O QUE VOCÊ ENXERGA É O QUE MODULA O SEU PENSAMENTO

O que ocupa o seu pensamento diariamente? O que é que gerencia o teu pensamento? Todo mundo tem o mesmo hábito: “pensar pelas circunstâncias”, e é errado.  Por isso, não deixe as circunstâncias influenciarem ou direcionarem o seu pensamento. Mas você tem duas opções: ou deixa as circunstâncias conduzirem os seus pensamentos ou deixe-se ser guiado pela Palavra de Deus.

Eu posso até olhar, posso até partilhar, mas logo em seguida eu me recolho e digo que quem conduz os meus pensamentos não são os quadros adversos, mas quem conduz os meus pensamento é a promessa da Palavra de Deus que habita no meu coração.

Um exemplo: quando você passa num trânsito e vê uma pessoa armada, nesse momento o que você pensa? Normalmente as pessoas pensam em sangue, em tiroteio, em assalto. O problema é que o pensamento não é inocente. O pensamento não é um fenômeno isolado. Pensamento,  sentimentos, atitudes e comportamentos estão interligados. O nosso comportamento é o degrau final de uma cadeia de sucessão que começa no nosso pensamento.

Por que mesmo que eu chorei? Por que mesmo que eu gritei? Por que eu fiquei extremamente depressivo? Tudo isso são comportamentos que muitas vezes você se arrepende de ter feito. Quantos já se pegaram em comportamentos contrários aos que gostariam de ter? Você riu fora de hora, chorou fora de hora, gargalhou e não sabia o que estava acontecendo? Esses são comportamentos que a pessoa não gostaria de ter, mas que às vezes se encontra nessas situações.

Por isso, entenda: os comportamentos dependem de atitudes, que dependem de sentimentos e dos pensamentos, que modulam os sentimentos.

Quando você pensa numa arma, você sente medo ou fica tenso, ou você se trava e fica com raiva? A pessoa com medo é uma pessoa agressiva. Tem gente que o medo retrai enquanto têm outras que o medo o faz agredir, inconscientemente, e a gente nem pensa. São os sintomas, são gatilhos que temos.

Os sentimentos desencadeiam e geram atitudes e as atitudes finalmente aparecem em formas de comportamentos.  Agora, se eu tivesse visto uma arma na mão do rapaz na rua, eu não pensaria em sangue, em assalto, eu não pensaria em tiroteio. Eu pensaria no texto de Isaías que diz que:  “toda arma forjada contra ti, não prosperará. Toda língua que vier contra ti em juízo será condenada” , ou seja, eu traria à memória, porque me dá esperança. Então eu lhe pergunto: o que é que está à sua frente?  Porque aquilo que você enxerga é o que modula o seu pensamento.

 

Faça um comentário

X