Na crise você fica estagnado ou aproveita para crescer? – Sara Nossa Terra

Na crise você fica estagnado ou aproveita para crescer?

A palavra crise tem sua origem no grego transliterado “krisis”, e é um conceito utilizado em diversas áreas de conhecimento, como na economia, na política e na psicologia. No hebraico antigo, a palavra para crise é “mahahh” que significa conflito.

Podemos dizer, também, que crise é uma situação grave que pode comprometer o desenvolvimento de um processo, seja físico, emocional ou espiritual. Poderíamos conceituar crise também como momento de ruptura ou como oportunidade, pois crise está associada com um momento de decisão ou de ruptura de estado, seja biológico, psicológico ou social.

No momento de crise, perde-se a estabilidade habitual. A rota é mudada bruscamente, sendo necessária uma nova rotina. A crise desorganiza, tira do prumo e requer uma nova postura, necessitando assim de um esforço adicional para que a pessoa mantenha seu equilíbrio. Há crises de curta duração e também há crises que podem durar uma vida inteira. Na verdade, a crise geralmente é causada por um fator externo, mas logo ela se torna intrínseca à pessoa, e as reações dela passam a alimentar (ou não) a crise, determinando assim sua duração.

Quando nascemos, sofremos oficialmente nossa primeira crise. É uma crise de adaptação, depois vem a crise de comunicação e tantas outras. O certo é que o indivíduo passa por várias crises desde os seus primeiros dias de vida até o final dela. E são essas crises que nos fazem crescer e criar habilidades.

Mas só existe uma maneira de vencer uma crise: enfrentá-la, passar por ela e vencê-la. Porém, a crise é um marco que sinaliza transição de fases em sua vida. Crises são momentos de transição, anunciam mudanças de ciclos em nossas vidas. Quando você estiver passando por uma crise, entenda que Deus quer mudar a fase da sua vida, levando-o para um lugar mais alto, mais profundo e mais abençoado.

As crises vêm para nos fortalecer, nos amadurecer, levar-nos para um lugar de honra e que ninguém está imune a isso. Crise é como um monte que te desafia. Por exemplo, sempre que vamos à Terra Santa, a caminhada para o Monte Sinai é algo que nos desafia de forma extraordinária. O monte está localizado na Península do Sinai — que abriga a tríplice fronteira entre Egito, Israel e a Faixa de Gaza. E, para vencê-la, gasta-se em média, quatro horas caminhando. São sete quilômetros em espiral e, por um atalho, percorre-se uma trajetória íngreme. É preciso um grande preparo físico para percorrê-los no tempo médio de uma hora. Nessa caminhada, é habitual levar alguma bagagem, como: mochilas com água, casaco, Bíblia, lanche etc. E esses acessórios acabam por pesar muito e dificultar a caminhada. Por meio dessa situação, fica fácil entender o que Paulo diz quando pede para desembaraçarmo-nos de todo peso.

Portanto, se você quer caminhar com Deus, correr a carreira cristã e obter vitória contra as crises da vida ou montes, livre-se dos pesos espirituais e vença. É utópico pensar que você não terá crises, pois vida é recheada de períodos de crises. Porém, elas acontecem em nossas vidas simplesmente para nos fazer mais fortes; não para nos derrotar.

Voltar pra igrejas

Posts Relacionados

Faça um comentário

X
Evento Teste