Faça sua doação

Bispo Rodovalho ministra sobre a libertação de amarras e sentenças

Área de Conteúdo

Bispo Rodovalho ministra sobre a libertação de amarras e sentenças

Bispo Rodovalho ministra sobre a libertação de amarras e sentenças

No culto de terça-feira, 24, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, o Bispo Robson Rodovalho ministrou com base no livro de Gênesis 27:32-40, que quando os indivíduos entram no  santuário de Deus são treinados para novas conquistas e libertos de todas as amarras e sentenças. “Muitas pessoas não entendem o porquê não atingem o melhor da vida delas. Contudo, quero declarar que a partir de hoje vocês irão voar ainda mais em meio às promessas”, testificou.
No contexto da palavra, o preletor continuou a pregar sobre o relacionamento entre os dois irmãos, Esaú e Jacó, personagens bíblicos. “ Jacó influenciou o irmão a desprezar a primogenitura. Esaú tinha conflitos, ele queria a bênção, mas não a responsabilidade. No entanto, existem pessoas que perdem grandes oportunidades por causa da impaciência. Saiba que a sua unção está reservada para você, o crescimento acontecerá. Suas alianças definirão onde você quer chegar, permaneça em sua posição. Ganhe pelas conquistas, não importa o quanto sua vida esteja amarrada, não queira saber as amarras e sim onde você vai chegar. Você voará para todo projeto que Deus escreveu a seu respeito”, completou.
Na conclusão, Rodovalho destacou que a mente de cada indivíduo precisa ser consolidada ou informada por meio da palavra e águas espirituais. “ De acordo com o livro de Levídico 26:13, é descrito sobre a escravidão onde as pessoas carregavam jugos. Desta forma, vemos que o ser humano, por meio dos vícios, carrega pesos que o prende em várias situações. Todavia, por meio do Espírito Santo existe a liberdade. Deus te honrará em todas as áreas. Não viva em relacionamentos onde você foi humilhado. Quais são seus jugos? Como quebrar?  Uma nova fase e tempo se concretizam. Tire o cinza de existência e coloque uma roupagem colorida que representa o símbolo da alegria. Não carregue fardos e pesos”, finalizou.
Confira fotos:

Crédito das fotos: Gabriel Souza
Texto: Estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães
 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress