Faça sua doação

Bispo Robson Rodovalho destaca sobre a geração infantilizada da época de Jesus

Área de Conteúdo

Bispo Robson Rodovalho destaca sobre a geração infantilizada da época de Jesus

Bispo Robson Rodovalho destaca sobre a geração infantilizada da época de Jesus

Nos cultos de domingo, 18, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, comemorou-se o aniversário do Bispo Robson Rodovalho que aconteceu no dia 15. A Bispa Lúcia Rodovalho destacou o quanto as pessoas são abençoadas por ele e conduziu orações. “ Pai, te agradecemos pela vida do nosso apóstolo e profeta. Que tudo que ele tem feito, continue a ser uma candeia sempre no alto e nos iluminando. Deste modo, que o sonho de ver o Brasil sarado se concretize”, proclamou.
Na apresentação da palavra, Rodovalho com base no livro de Marcos 6:1-6, continuou as preleções referentes à geração infantilizada da época de Jesus, pois foram infantis por não entenderam as circunstâncias proféticas que estavam contextualizadas. No entanto, houve igualmente uma situação antagônica: crianças infantilizadas x filhos da sabedoria. “ Teus amigos, parentes irão te resistir, questionar ou medir ombros com você. Contudo, não se preocupe, pois as mesmas situações ocorreram com  Jesus. Pois eles viam o Salvador, na cidade onde viveu, como carpinteiro e não profeta, tinham preconceito. Quer dizer, quando você tem preconceito existe incredulidade. A fé vem pela expectativa – nunca deixe que o inimigo a destrua em seu coração, pois a partir daí será derrotado”, alertou.
Por fim, o preletor assegurou que o Senhor Jesus não deixou-se anular diante da indiferença e competição daquele povo. “ Se as pessoas não te reconhecerem como profeta elas irão blindar-se contra você. No entanto, o Rei dos Reis, mesmo assim foi para a frente ao continuar à missão dada pelo Pai a Ele. Honra, reconhecimento e discernimento –  sejam gratos com seus líderes. Como você vai agir com pessoas que competem com você? Ninguém vai te prejudicar, pois Deus  preparou sua vida para te levantar e honrar. Desta maneira, continue a fazer o que Deus te chamou; não faça para ser aplaudido, mas sim porque foi enviado. Você é filho da sabedoria e vai discernir quem te ajuda. Não vai competir e sim receber”, concluiu.
Confira fotos:

Crédito das fotos: Gabriel de Souza
Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress