Faça sua doação

Bispo Lucas Cunha ministra sobre o crescimento da sabedoria nos cultos de domingo

Área de Conteúdo

Bispo Lucas Cunha ministra sobre o crescimento da sabedoria nos cultos de domingo

Bispo Lucas Cunha ministra sobre o crescimento da sabedoria nos cultos de domingo

Nos cultos de domingo, 22, na Embaixada Sara Nossa Terra, o bispo Lucas Cunha ministrou com base no livro de Provérbios 10: 1-25 sobre o crescimento da sabedoria. Desse modo, exemplificou que o entendimento deste contexto da passagem descrita é complexo. Igualmente, neste ínterim, enumerou características deste entendimento em todos os segmentos de atuação.
Ao prosseguir à palavra,o preletor testificou que quando os indivíduos honram seus pais e mães, ele prolongam a vida deles – pois está escrito na Bíblia. “ Por que muitos filhos não alegram seus pais? Muitas vezes estão decepcionados, no entanto, não entendem que esta atitude para com seus genitores, os prejudica. Infelizmente existem muitos filhos que querem que os pais estejam na mesma categoria deles, mas esta atitude é falta de sabedoria. Entretanto, o filho sábio não age pela emoção; e, discerne oportunidades, aceita mandamentos e os preceitos do código de sabedoria – sabe que estas direções o farão crescer em todas as situações”, completou.
Ainda no contexto da pregação, o bispo acentuou sobre a importância da habilidade de saber ouvir. “ Existem pessoas que sempre ficam feridas pois ouvem de acordo com emoções que geram conflitos. Na realidade não podem escutar com os sentimentos e sim com fé e conhecimento. Tenha maturidade para entender o que é necessário para seu crescimento. A boca do justo é manancial de vida, já a boca do perverso fala de violência e ruína eminente. Todavia, buscamos a Deus para que o Espírito Santo atue e não deixe que as obras da carne se manifestem. O que seria de sua vida sem Deus? O que aconteceria se você se afastasse do Senhor?  Valorize-se e saiba quem você é em Deus. Prata escolhida é a língua do justo. Qual o sinal de que você é sábio? Quando as pessoas gostam de ouvir e aprender quando você está perto – elas captam conteúdo. Deus derrama entendimento quando você reconhece, pois o justo tem perpétuo fundamento”, concluiu.
Confira fotos:

Crédito fotos: Grabriel Souza
Texto: Estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress